Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Caso de doping de Contador chega à Federação Espanhola de Ciclismo

Ciclista é acusado de usar substâncias proibidas durante a última edição da Volta da França. Ele alega que ingeriu carne contaminada

EFE |

O ciclista espanhol Alberto Contador ficou feliz porque seu caso de doping na última Volta da França, que o mantinha suspenso, chegou à RFEC (Real Federação Espanhola de Ciclismo) nesta quarta-feira. Após receber e estudar o relatório enviado à Federação, Contador ficou otimista e confiante na resolução do caso.

Segundo uma nota publicada pelo atleta e sua equipe jurídica, o relatório elaborado pela UCI (União Ciclista Internacional) e a Wada (Agência Mundial Antidoping) acredita na hipótese de uma contaminação alimentícia, como esperava a defesa de Contador.

Desta forma, de acordo com o comunicado do tricampeão da Volta da França, "a contaminação alimentícia continua sendo a única explicação razoável para justificar a presença da ínfima quantidade de clembuterol no organismo do ciclista."

Contador justificou que o resultado aconteceu pelo consumo de carne contaminada. A UCI iniciou uma investigação junto a cientistas da Wada, e no dia 8 de novembro enviou uma documentação à RFEC para que seja iniciada um procedimento disciplinar.

Leia tudo sobre: dopingoutros esportes - ciclismo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG