Assessor de Klitschko disse que campeão dos pesos pesados deve ter condições de lutar novamente em dois meses

O lutador britânico Dereck Chisora lançou dúvidas sobre a razão pela qual Wladimir Klitschko desistiu de participar da luta válida pelo título dos pesos pesados, que estava marcada para sábado. O lutador ucraniano, que detém os cinturões da FIB (Federação Internacional de Boxe) e da OMB (Organização Mundial de Boxe), desistiu do combate na quarta-feira por conta de uma lesão abdominal.

"Quando nós vimos ele, estava tudo bem, eu só acho que ele não queria isso [lutar]", afirmou Chisora, em entrevista à rádio BBC. Ele ressaltou esperar que a luta seja remarcada logo. "Ele ofereceu a luta e ele tem que lutar comigo", completou o boxeador britânico, confiante que o combate vai acontecer.

Assessor de Klitschko, Shelley Finkel, disse que o campeão dos pesos pesados deve ter condições de lutar novamente em dois meses. Klitschko tem em seu cartel 55 vitórias, sendo 49 por nocaute, e apenas três derrotas, enquanto Chisora está invicto, com 14 triunfos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.