Tamanho do texto

O foco da Confederação Brasileira de Canoagem são as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro

A Seleção Brasileira de Canoagem Slalom não conseguiu garantir vaga para as Olimpíadas de Londres, em 2012, no Campeonato Mundial da categoria, na Bratislava, Eslováquia. Os atletas têm outra chance no Campeonato Pan-americano de Foz do Iguaçu, no Paraná, no próximo mês de abril.

Nas eliminatórias da categoria C1 Masculino, Cássio Petry ficou em 46º lugar, Leonardo Curcel em 53º e Charles Correa em 54º. Ainda neste domingo, competindo por equipes, o Brasil ficou na 12ª posição do K1 Masculino e na 15ª do C1 Masculino.

O foco da Confederação Brasileira de Canoagem são as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. "Recentemente promovemos em Foz do Iguaçu o maior campeonato de iniciantes da história da Canoagem Slalom, mostrando que nosso trabalho com a base do esporte no Brasil já começou a dar resultados. Agora, é continuar incessantemente com este trabalho para colhermos os frutos no futuro", afirmou o presidente da entidade, João Tomasini Schwertner.

A Seleção Brasileira já participou de etapas da Copa do Mundo e do Evento-Teste de Londres. No Campeonato Mundial, participou com João Vitor Machado, Pedro Henrique Gonçalves da Silva, Anderson dos Santos Oliveira, Cássio Petry, Charles Correa, Leonardo Curcel, Poliana Aparecida de Paula e Ana Sátila Vieira, além dos técnicos Antônio Alves e o italiano Ettore Ivaldi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.