Tamanho do texto

Ucrâniano nocauteou Tomasz Adamek no 10º round ao defender pela 7ª vez o título do Conselho Mundial de Boxe

Lutando em Varsóvia, na Polônia, diante de 42.000 espectadores, o veterano Viatali Klitschko, de 40 anos, ignorou o lutador local Tomasz Adamek, de 34 anos, e nocauteou o oponente no 10º round do combate. Como o triunfo, o lutador da Ucrânia manteve o título dos pesos pesados do Conselho Mundial de Boxe, que defendeu pela sétima vez e detém desde 2008.

Após a vitória deste sábado, o retrospecto da carreira de Klitschko registra 43 vitórias e apenas duas derrotas. Foi o quadragésimo êxito logrado com nocaute pelo boxeador.Adamek, 15 centímetros mais baixo que Vitali, chegou ao combate embalado pelas conquistas em categorias inferiores, tendo sido campeão dos meio-pesados e cruzadores.

Vitali dominou desde o começo o confronto e só assustou com um escorregão no oitavo assalto, não causado por nenhum golpe desferido pelo oponente. No décimo round, após uma sequência de golpes desferida por Vitali, o árbitro decidiu encerrar o combate para preservar a integridade física do lutador polonês.

"Ele foi melhor e simplesmente mereceu a vitória. Assim é o esporte. Você ganha em algumas ocasiões e perde em outras." declarou Adamek após o término da luta.