Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Popó divide vida no plenário com maratona de treinos até despedida

Em entrevista ao iG, deputado falou da preparação para a despedida dos ringues e provocou rival o Michael Oliveira

Rodrigo Farah, iG São Paulo |

O deputado federal Acelino Freitas terá uma rotina bastante atarefada até sua despedida dos ringues no dia 2 de junho. Principal nome do boxe brasileiro nas últimas décadas, Popó já começou os preparativos para enfrentar o desafeto Michael Oliveira obrigado a dividir seus treinamentos com os compromissos políticos na Câmara.

Veja também: Popó confirma despedida e chama Michael Oliveira de 'palhaço'

“A preparação já está intensa e vou fazer tudo aqui mesmo em Brasília. Já preparamos toda a programação e estou encarando essa luta como se fosse pelo título mundial. Os horários estão bons, e os treinos foram bem divididos para não me atrapalhar em nada”, afirmou o deputado em entrevista exclusiva ao iG.

Confira ainda: Duda perde para colombiana em disputa do cinturão mundial

Popó separou os treinamentos para o combate em duas partes. Primeiro, ele pratica até o meio-dia e depois corre para assumir suas tarefas como político ao longo da tarde. Na parte de noite, ele volta a vestir as luvas no ginásio.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores de boxe

“Minha vontade não poderia ser maior. Ele faltou com respeito ao me desafiar e agora vai pagar caro. O Michael só lutou com galinha morta até agora e eu sou bem diferente. Se eu puder, vou derrubá-lo no primeiro soco”, provocou baiano lembrando que foi o atleta de 21 anos que lançou o desafio.

O tetracampeão mundial Popó não entra no ringue desde 2007, quando foi derrotado Juan Diaz. Ao todo, ele ostenta o invejável cartel de 38 vitórias, sendo 32 por nocaute, e apenas duas derrotas.null

Apesar do longo período afastado dos ringues, o atleta de 36 anos disse que não está enferrujado e que se inspira em ícones como Manny Pacquiao e Floyd Mayweather - pugilistas ainda no topo com uma idade semelhante a do brasileiro.

Veja também: Após confusões, boxeador Dereck Chisora tem licença suspensa

“Estou apenas com 36 anos e só parei de lutar antes por uma opção minha. O Mayweather tem a mesma idade [35] e está ai. Sou uma pessoa bem controlada, sem vícios. E nunca parei de treinar totalmente”, completou Popó.

Confira ainda: Klitschko mantém cinturões e chega ao 50º nocaute na carreira

O combate está marcado para o dia 2 de junho em Punta Del Leste, no Uruguai, no Cassino Conrad. Michael Oliveira defenderá um cartel de 17 vitórias (13 por nocaute) e nenhuma derrota na carreira quando enfrentar o deputado.

Leia tudo sobre: PopóboxeMichael Oliveira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG