Norte-americano afirmou após a vitória sobre Victor Ortiz que o filipino está se escondendo

Com 42 vitórias e nenhuma derrota, Mayweather se autoproclamou o melhor da história
Getty Images
Com 42 vitórias e nenhuma derrota, Mayweather se autoproclamou o melhor da história
Floyd Mayweather Jr. fez a sua parte no último sábado. Apesar de vencer de maneira controversa, ele nocauteou Victor Ortiz e conquistou a 42ª vitória de sua invicta carreira . Agora, o norte-americano voltou a polemizar contra o eterno rival Manny Pacquiao à espera do possível combate em maio de 2012, que seria o maior da história do boxe.

Veja também: Luta de Pacquiao irá rivalizar com o UFC de Junior Cigano

“O Pacquiao só é famoso, pois está ligado ao meu nome. Quando dizem Pacquiao, se referem ao cara que está tentando lutar contra Floyd Mayweather. Quando dizem Floyd Mayweather, se referem ao melhor de todos os tempos”, afirmou o norte-americano.

Mayweather e Pacquiao já chegaram a negociar o combate em outras ocasiões e quase fecharam a luta no ano passado. O problema é que o norte-americano exigiu que seu adversário fizesse exames antidoping periódicos com critérios olímpicos. O filipino, no entanto, se recusa a realizar as realizar os testes em datas muito próximas à luta para não afetar sua perda de peso.

Mas a expectativa pelo combate é tão grande, que os altos valores envolvidos deverão encerrar qualquer discórdia. Ambos os lutadores receberiam uma bolsa de US$ 100 milhões (quase R$ 180 milhões), a maior da história do boxe.

“Ele só quer fazer o teste um mês antes e mesmo assim sendo avisado com antecedência. Se ele não tem nada a esconder, que faça o teste de qualquer forma. Só quero lutar com igualdade”, completou.

Enquanto isso, Manny Pacquiao retorna ao ringue no dia 12 de novembro no terceiro combate contra Juan Manuel Marquez. Se voltar a vencer o mexicano, tudo indica que o lutador finalmente protagonizará o superduelo contra Mayweather.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.