O ucraniano conseguiu o triunfo no quarto assalto contra o francês Jean-Marc Mormeck em Düsseldorf (ALE)

Wladimir Klitschko manteve os quatro cinturões mundiais nesta noite
Getty Images
Wladimir Klitschko manteve os quatro cinturões mundiais nesta noite
O ucraniano Wladimir Klitschko chegou neste sábado à sua 50.ª vitória por nocaute na carreira ao vencer no quarto assalto o francês Jean-Marc Mormeck em luta realizada na Esprit Arena, em Düsseldorf, na Alemanha, para mais de 50 mil torcedores. Um dos grandes nomes do boxe na atualidade, ele manteve seus quatro cinturões entre os pesos pesados: Federação Internacional de Boxe (FIB), Organização Mundial de Boxe (OMB), Organização Internacional de Boxe (OIB) e Associação Mundial de Boxe (AMB).

iG Entrevista: Lenda do boxe Sugar Ray aplaude UFC e quer Pitt em cinebiografia

Getty Images
Jean Marc Mormeck cai nocauteado após troca de socos com Klitschko
O desafiante, nascido em Guadalupe, era quatro anos mais velho, 17 centímetros mais baixo e com 18 centímetros a menos de envergadura que o mais novo dos irmãos Klitschko. Inferior também tecnicamente, Mormeck apostou apenas em se defender, indo para o clinch o tempo todo.

Confira ainda: Vitali Klitschko derrota rival polêmico e mantém cinturão do CMB

A estratégia só deu certo no primeiro assalto. Depois, o francês sofreu uma queda por round. Na terceira, levou um jab de direita e acabou nocauteado, como Klitschko havia prometido que faria.

Leia também: Conheça Angelo Dundee, lendário treinador de Muhammad Ali

Esta foi a 15.ª vitória seguida de Wladimir Klitschko, ainda soberano entre os pesados - o único que poderia lhe fazer frente seria seu irmão, Vitali Klitschko, campeão do Conselho Mundial de Boxe (CMB). Wladimir agora chega a um cartel de 57 vitórias e apenas três derrotas, a última delas em 2004, para o norte-americano Lamon Brewster. Já Mormeck perdeu pela quinta vez, tendo ainda 36 vitórias, sendo 22 por nocautes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.