Tamanho do texto

Estrela do boxe americano se entregou às autoridades para cumprir pena de 90 dias por violência doméstica

Getty Images
Mayweather terá que adiar a superlua com Manny Pacquiao no começo de maio
O pentacampeão mundial de boxe Floyd Mayweather Jr. se entregou às autoridades de Las Vegas nesta sexta-feira à tarde. Condenado à prisão por violência doméstica , o lutador norte-americano ficará encarcerado por um período de 90 dias.

Veja também: Floyd Mayweather se livra de nova condenação nos EUA

Considerado um dos maiores pugilistas de todos os tempos, Mayweather também irá pagar uma multa de US$ 2,5 mil e será obrigado a cumprir 100 horas de serviço comunitário quando sair da cadeia.

Ele se declarou culpado das acusações de agressão à ex-mulher e de ter ameaçado dois dos filhos deles durante uma discussão em setembro do ano passado. Ao todo, ele poderia ter sido condenado a 18 meses de prisão.

Atual campeão mundial dos meio-médios do Conselho Mundial de Boxe, Mayweather ainda está invicto na carreira, com 42 vitórias (26 nocautes). Ele deveria realizar a superluta contra Manny Pacquiao no dia 5 de maio , mas o combate mais esperado dos últimos anos terá que ser adiado com a prisão.