"Como todas as pessoas, eu também cometi erros, mas não quero ser uma dessas pessoas que teme abordar essas falhas", disse

Getty Images
Oscar de la Hoya durante o anúncio de sua aposentadoria dos ringues, em abril de 20009
O ex-campeão mundial mexicano-americano Oscar de la Hoya foi internado em um centro de reabilitação por causa de uma substância ainda não divulgada no estado da Califórnia.

Depois que várias versões começaram a circular no sábado de manhã sobre a situação de De la Hoya, o ex-boxeador divulgou um comunicado para pôr fim às especulações, no qual diz que depois de fazer uma autoavaliação honesta, reconheceu que tem vários assuntos que deve atender.

"Como todas as pessoas, eu também cometi erros, mas não quero ser uma dessas pessoas que teme abordar essas falhas", acrescenta De la Hoya.

"Através da minha carreira sempre encarei de frente todos os desafios e este não é diferente. Confio em que, com o apoio da minha família e amigos, me transformarei em uma pessoa mais forte e mais saudável", diz.

O ex-boxeador conclui seu comunicando pedindo respeito e privacidade enquanto sua família e ele passam por este processo.

O único boxeador que conseguiu ser campeão mundial em seis categorias diferentes, se aposentou como pugilista profissional em 2009, poucos meses depois que o filipino Manny Pacquiao o venceu por nocaute.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.