Mayweather vence Pacquiao por pontos na "luta do século"

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Sob vaias e aos gritos de "Manny", pugilista norte-americano manteve seu estilo e venceu o filipino por decisão unânime dos jurados

Floyd Mayweather Jr. comemora a vitória sobre Manny Pacquiao
AP Photo/John Locher
Floyd Mayweather Jr. comemora a vitória sobre Manny Pacquiao

Andre Agassi, Steffi Graf, Mike Tyson, Justin Bieber, Beyoncé, Jay-Z, Donald Trump, entre outros. Diante de uma plateia milionária que encheu o aeroporto de Las Vegas, nos EUA, de jatos particulares e sob muitas vaias, o norte-americano Floyd Mayweather Jr. venceu a "luta do século" contra o filipino Manny Pacquiao na madrugada deste domingo.

A luta, disputada na MGM Grand Garden Arena, precisou de todos os 12 rounds para definir o vencedor, e a decisão dos jurados foi unânime.

Um dos árbitros deu a vitória para Mayweather por 118 a 110, enquanto outros dois assinalaram 116 a 112 a favor do norte-americano. Assim que o resultado foi anunciado, vaias puderam ser ouvidas, uma provável reação ao estilo de luta de Mayweather: muita defesa, esquivas e contra-ataques eficientes.

Veja fotos da "luta do século": Floyd Mayweather Jr. x Manny Pacquiao

Floyd Mayweather Jr. e Manny Pacquiao durante a pesagem, na última sexta-feira, em Las Vegas. Foto: AP Photo/John LocherManny Pacquiao faz pose durante a pesagem. Foto: AP Photo/Chris CarlsonFloyd Mayweather Jr. faz pose durante a pesagem. Foto: AP Photo/Chris CarlsonO ator Jamie Foxx ficou responsável por cantar o hino norte-americano antes da luta. Foto: AP Photo/Eric JamisonFloyd Mayweather Jr. acerta uma esquerda em Manny Pacquiao. Foto: AP Photo/John Locher"Luta do século" precisou dos 12 rounds para definir seu vencedor. Foto: AP Photo/John LocherOs ex-tenistas Steffi Graf e Andre Agassi na plateia em Las Vegas. Foto: AP Photo/John LocherPacquiao e Mayweather Jr. trocam golpes durante a "luta do século". Foto: AP Photo/John LocherPacquiao comemora após o final do 12° round. Foto: AP Photo/John LocherManny Pacquiao e Floyd Mayweather Jr. se cumprimentam após o combate. Foto: AP Photo/Isaac BrekkenManny Pacquiao, ao lado de seu treinador Freddie Roach, concede entrevista coletiva após perder para Mayweather. Foto: AP Photo/John LocherFloyd Mayweather Jr. após a vitória da "luta do século". Foto: AP Photo/John Locher

De acordo com números da CompuBox, Mayweather Jr. conectou 148 golpes em 435 tentativas (aproveitamento de 34%), enquanto Pacquiao foi menos eficiente, com 81 golpes bem sucedidos em 429 tentativas (19%).

Com a vitória, o norte-americano soma 48 vitórias no boxe, 26 delas por nocaute, e permanece invicto, unificando os títulos dos meio-médios (até 66,7 quilos) do Conselho Mundial de Boxe, da Associação Mundial de Boxe e da Organização Mundial de Boxe, além do gordo prêmio que deve superar os US$ 100 milhões.

Embora esteja a duas vitórias de igualar o recorde do também norte-americano Rocky Marciano, Floyd, que tem 38 anos, afirmou após o combate que terá mais uma luta em setembro deste ano e que depois disso irá pendurar as luvas. "Sabe, estou quase com 49 anos agora, estou no esporte há 19, sou campeão 18 e sou muito agradecido."

Do outro lado do ringue, Pacquiao, que tem 57 vitórias, seis derrotas e dois empates, declarou que, para ele, o vencedor da "luta do século" foi outro: "Eu pensei que eu venci. Ele só fugiu. Ele não fez nada, só se mexia para os lados". Mesmo não sendo o lutador da casa, o filipino contou com o apoio do público, que gritava "Manny" durante a luta.

O norte-americano elogiou o filipino, classificando-o como um dos "maiores da história do boxe", mas defendeu sua estratégia. "Não vou aqui dar palpite. Ele se interessou mais pela luta, enquanto eu fiz uma luta inteligente."

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas