Segundo The Telegraph, os pugilistas devem se enfrentar em 2 de maio, em Las Vegas, com receita de US$ 250 milhões

O pugilista americano Floyd Mayweather
Ethan Miller/Getty Images
O pugilista americano Floyd Mayweather

O americano Floyd Mayweather Jr. e o filipino Manny Pacquiao devem protagonizar a luta mais cara da história do boxe. De acordo com a edição deste domingo do jornal inglês "The Telegraph", os pugilistas vão se enfrentar no dia 2 de maio, em Las Vegas (EUA), com renda estimada em US$ 250 milhões, ou pouco mais de R$ 707 milhões, um recorde para a modalidade.

Leia também: Triste com Anderson Silva, chefe do UFC avisa: "Muita coisa ruim vai acontecer"

A expectativa dos organizadores, segundo a publicação, é superar o recorde de vendas de pay-per-view (2,4 milhões de pessoas compraram o direito de ver Mayweather x Oscar De La Hoya na TV de casa) e outras marcas históricas de arrecadação do boxe.

Mayweather, atual campeão dos meio-médios por Conselho Mundial de Boxe (CMB) e Associação Mundial de Boxe (AMB) e o esportista mais bem pago do mundo atualmente - está invicto em 47 lutas como profissional -, deve ficar com 60% deste valor. Espera-se que ele confirme a luta com Pacquiao neste domingo, em Nova York, onde é esperado como convidado de gala para o Jogo das Estrelas da NBA, a liga profissional de basquete dos Estados Unidos. Coincidentemente, os rumores de que esse combate aconteceria aumentaram depois que os dois se encontraram numa partida de basquete em Miami.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.