Germaine Mason foi medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim pela Grã-Bretanha e é detentor do recorde nacional jamaicano de salto em altura

Germaine Mason, medalhista olímpico dos Jogos de Pequim
Reprodução
Germaine Mason, medalhista olímpico dos Jogos de Pequim

Aos 34 anos, o medalhista olímpico e já aposentado saltador Germaine Mason morreu nesta quinta-feira (20), enquanto pilotava sua moto na principal estrada de Kingston, capital da Jamaica. O acidente aconteceu por volta das 4h20 da madrugada do horário local e acredita-se que o atleta de salto em altura tenha perdido o controle da motocicleta.

LEIA TAMBÉM: Mulher pioneira na Maratona de Boston volta à linha de partida 50 anos depois

A morte do medalhista foi confirmada pela polícia local: "Germaine Mason, 34, atleta jamaicano e ex-saltador nacional, faleceu em um acidente de moto esta manhã". De acordo com informações do jornal do país, "The Gleaner", os velocistas Michael Frater e Usain Bolt, amigos do saltador, foram os primeiros a chegar no local do ocorrido. Há ainda relatos não confirmados de que Mason, Frater e Bolt estavam em uma festa juntos, e voltavam para casa em comboio.

LEIA TAMBÉM: Ex-companheiro de Tom Brady na NFL é encontrado morto na prisão

O Primeiro Ministro da Jamaica lamentou a morte de Germaine Mason em sua conta oficial do Twitter: "Nossas sinceras condolências à toda a fraternidade do esporte", disse Andrew Holness.

LEIA TAMBÉM: A modelo que largou as passarelas para ser lutadora profissional de Muay Thai

Diversos atletistas ainda demonstraram solidariedade à família do saltador. "Meu coração está com os amigos e família de Germaine Mason neste dia triste. Jamais esquecido", escreveu o campeão olímpico Linford Christie. "Tão devastador. Descanse em paz Germaine", disse Katarina Johnson-Thompson.

Recordista

Nascido na Jamaica, em 2006 passou a representar a Grã-Bretanha, Germaine Mason possuia dupla nacionalidade porque seu pai nasceu em Londres. Em 2008, nos Jogos Olímpicos de Pequim, recebeu a prata, atrás do russo Andrey Silnov. O medalhista olímpico ainda é detentor do recorde nacional jamaicano de salto em altura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.