Sara Makera precisou de atendimento médico, mas se recuperou a tempo de subir no pódio

Um pequeno susto marcou o fim da prova feminina da São Silvestre, nesta terça-feira. Atleta da Tanzânia, Sara Makera cruzou a linha de chegada na quarta colocação, porém passou mal e teve de ser retirada de maca.

Após um breve tumulto para a saída da atleta, ela foi rapidamente levada de maca para o centro médico, localizado próximo à chegada da São Silvestre e foi atendida pelos médicos.

Cerca de 20 minutos depois de passar mal, Sara Makera conseguiu se recuperar a tempo de subir no pódio para receber seu troféu de quarta colocada da São Silvestre.

O Quênia dominou a 89ª edição da São Silvestre . No feminino, Nancy Kirpon levou a melhor, enquanto Edwin Kipsang Rotich conquistou o bicampeonato entre os homens.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.