Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google

Bolt e Blake dão novo show e vencem em Lausanne pela Liga de Diamante

Yohan Blake ganhou os 100 m cravando o melhor tempo de sua vida, com 9s69, enquanto Usain Bolt ganhou com folga os 200 m, em sua primeira prova após os ouros em Londres

Agência Estado | - Atualizada às

Agência Estado

AP
O jamaicano Yohan Blake brinca com os fotógrafos após vencer os 100 m em Lausanne, pela Liga de Diamante

Os jamaicanos Usain Bolt e Yohan Blake brilharam nesta quinta-feira, durante a disputa da etapa de Lausenne da Liga de Diamante, evento que reúne as principais estrelas do atletismo mundial. Blake venceu os 100 m rasos, marcando o melhor tempo de sua vida na distância, com 9s69. Na prova dos 200 m, em sua primeira aparição após ganhar três medalhas de ouro nas Olimpíadas de Londres 2012 , Bolt não teve dificuldade e venceu, marcando 19s58.

Yohan Blake poderá superar Usain Bolt? Comente

Sem a rivalidade de Usain Bolt, Blake cruzou a linha de chegada dos 100 m rasos com tranquilidade, sem ser ameaçado pelo norte-americano Tyson Gay e pelo compatriota Nesta Carter. Ainda assim, cravou um tempo surpreendente.

Medalha de prata em Londres, atrás somente de Bolt, Blake igualou o melhor tempo de Gay, que registrou 9s69 no Mundial de Berlim, em 2009. O jamaicano só ficou atrás das melhores marcas de Bolt: o recorde mundial de 9s58 (Berlim/2009) e o recorde olímpico de 9s63 (Jogos de Londres).

Veja também: Bolt confirma presença no Rio 2016, mas revela que pode mudar para 400m ou salto

Fora da prova, Usain Bolt apenas torceu por Blake, seu amigo e parceiro de treinos na Jamaica. Ao fim da disputa, o recordista mundial comemorou o grande tempo registrado pelo compatriota. Logo depois, ele deu seu show à parte, ganhando os 200 m com sobras.

O tempo, ainda que seja bastante abaixo dos 19s32 que lhe deram o ouro nesta prova em Londres, e distante 39 centésimos do seu próprio recorde mundial, ainda assim seria suficiente para colocá-lo no terceiro lugar do pódio nas últimas Olimpíadas.

Outros resultados

Nos 400 metros, mesmo resultado da Olimpíada, com vitória de Kirani James, de Granada, sobre Luguelin Santos, da República Dominicana, com o tempo de 44s37. Já nos 110 m com barreiras, o campeão olímpico Áries Merritt foi desclassificado e entregou a vitória ao também americano Jason Richardson, seguido do seu compatriota David Oliver.

Acompanhe o blog da Maurren Maggi

A grande surpresa em Lausanne ficou com o catariano Mutaz Essa Barshim, de apenas 21 anos. Medalhista de bronze em Londres, ele venceu o salto em altura com a marca de 2,39 m, assumindo a liderança do ranking mundial da prova empatado com o russo Ivan Ukhov, que ficou em segundo na Suíça.

Blog Espírito Olímpico: Hora de reflexão, mas sem caça às bruxas

Entre as mulheres, destaque para os 100 metros. Medalhista de prata em Londres, a americana Carmelita Jeter chegou empatada com a campeã olímpica, a jamaicana Fraser-Pryce Shelly-Ann. Na decisão pelo photofinish, vitória de Jeter, com 10s86.

AP
Usain Bolt não teve problemas para vencer os 200 m na etapa de Lausanne da Liga de Diamante


Leia tudo sobre: atletismojamaicaYohan Blakeliga de diamante 2012Usain Bolt

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG