Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Atleta arruma bicicleta de última hora e estreia no Parapan

Marleide da Silva, que entrou no esporte depois de ficar cega aos 35 anos, quase teve de desistir da competição

iG São Paulo |

Pela primeira vez em quatro edições oficiais, os Jogos Parapan-Americanos terão a disputa do ciclismo. E a guerreira Marleide da Silva não poderia ficar de fora. Os Jogos de Guadalajara, a segunda edição a ser disputada nas mesmas instalações do Pan-Americano, começam neste sábado.

Leia mais: Brasil busca o bicampeonato no México

Marleide da Silva tem 41 anos e disputará a prova de tandem. Nesta modalidade o atleta cego e o seu guia pedalam em uma bicicleta de dois lugares, tanto em provas de pista como estrada. Marleide ficou cega aos 35 anos e, até então, não praticava esportes. Quando teve seu filho, sofreu um derrame nos olhos e descobriu que tinha retinose pigmentar, uma doença degenerativa. Com o tempo, foi perdendo a visão e, em 2005, ficou totalmente cega.

Pernambucana, Marleide decidiu ir morar em Santos, com a irmã. Na cidade, onde o triatlo é muito praticado, descobriu o esporte, e tornou-se a primeira deficiente visual da América Latina a disputar uma prova. Para nadar, pedalar e correr, Marleide conta com três auxiliares. Uma delas, Nelma Raizer, é quem a ajuda no ciclismo, e será sua guia em Guadalajara.

Acompanhe o blog Espírito Olímpico

As duas quase não foram a Guadalajara porque não tinham dinheiro para comprar a bicicleta específica da modalidade tandem, de cerca de R$ 12 mil. A que elas treinavam não seria aceita na competição. Com ajuda de uma empresa de treinamento, Marleide e Nelma conseguiram a bicicleta e vão disputar quatro provas no México: 500 metros contra o relógio e 4.000 metros perseguição, ambas na pista, e 20 km e 80 km, essas duas na estrada. “Em nenhum momento achei que não iríamos”, disse Marleide.

As provas do ciclismo começam no domingo. Os outros brasileiros no ciclismo são Jady Martins, Flaviano de Carvalho, Soelito Gohr, Lauro Chaman, João Schwindt e Jefferson Spímpolo.
 

Leia tudo sobre: Parapan 2011ciclismomarleide da silva

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG