Gil Roberts, campeão com os Estados Unidos no revezamento 4x400m na Olimpíada do Rio, está livre para competir o Mundial de Atletismo

Um caso de doping chamou a atenção do mundo dos esportes nesta semana. O atleta Gil Roberts, campeão olímpico na Rio 2016 com a equipe dos Estados Unidos no revezamento 4x400m havia sido flagrado no exame antidoping , mas a justificativa que ele deu por ter uma susbtância proibida no corpo foi a mais inusitada: beijos apaixonados na namorada. No final, ele acabou sendo inocentado. 

Leia também: Justiça do Rio de Janeiro tranca ação penal contra nadador Ryan Lochte

Gil Roberts se livra de suspensão após ser flagrado no doping
Reprodução/Instagram/@gil.roberts
Gil Roberts se livra de suspensão após ser flagrado no doping


A decisão da a Agência de Antidoping dos Estados Unidos (Usada) de liberar o atleta é do final de junho, mas apenas agora os detalhes do caso foram revelados, como toda a história dos beijos que acabaram resultando em doping . As informações são da agência de notícia AFP. 

Leia também: Astro do vôlei brasileiro, Murilo já foi flagrado em exame antidoping surpresa

Beijos perigosos

Roberts foi pego em um teste em março, fora do período de competições. Ele apresentou baixa quantidade no organismo de uma substância chamada probenecida, que mascara a presença se esteróides. Tal substância veio do beijo na namorada. 

Leia também: Sob críticas, Maria Sharapova volta às quadras após suspensão por doping

Alex Salazar, a parceira de Roberts, estava tratando uma sinusite e tomou um remédio que continha probenecida. A doença, pelo visto, não afastou o casal. "Sempre que estavam juntos, eles se beijavam com frequência e apaixonadamente (...) Ele não tinha ideia que isso poderia o levar a ingerir uma substância proibida. Quando ele a beijou, não 'sentiu' do sabor do medicamento em sua boca. Assim, para Roberts, deve ter sido uma surpresa saber que ao beijar sua namorada estava se expondo a uma substância proibida", afirma relatório da Usada. 

A defesa do atleta ainda disse que ele não sabia que a namorada estava tomando tal medicamento e quais os riscos disso para ele. No final, ele foi inocentado da acusação de doping e pode competir no Mundial de Atletismo de Londres, em agosto. Roberts garantiu vaga nos 400m rasos em uma competição nos Estados Unidos. O atleta segue os treinos para a competição na Inglaterra. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.