Surfista foi baleado na cidade catarinense de Palhoça depois de uma discussão na frente de sua casa e morreu nesta terça-feira

Ricardo dos Santos: surfista não resistiu aos tiros e morreu nesta terça-feira
Divulgação
Ricardo dos Santos: surfista não resistiu aos tiros e morreu nesta terça-feira

A morte do surfista Ricardo dos Santos , aos 24 anos, despertou a reação imediata de alguns dos grandes nomes do esporte que ele praticava, como o brasileiro Gabriel Medina e o norte-americano Kelly Slater. Ambos recorreram ao Instagram nesta terça-feira para prestarem homenagem ao amigo e lamentarem o ocorrido.

"Ricardinho, você não merecia isso. Não mesmo, nunca. Por que isso acontece com gente do bem? Não entendo isso. Moleque gente boa, sempre ajudando o próximo, com sorriso de orelha a orelha todos os dias, um exemplo de pessoa. Que Deus conforte sua família", escreveu Medina na legenda de uma imagem negra que postou para manifestar luto.

Slater também lembrou de Ricardo com carinho e se referiu a ele como "um dos maiores pegadores de tubo em sua curta vida", mas não deixou fazer uma reflexão sobre assassinatos e falta de educação.

"Uma manhã bonita, mas estou horrorizado ao perceber que todo mundo estava remando para o outside em Pipeline para formar um círculo e homenagear a memória do meu amigo Ricardo dos Santos, que faleceu no hospital após ser baleado três vezes no Brasil. Ricardo dos Santos foi realmente um dos maiores pegadores de tubo em sua curta vida (eu e outros aprendemos muito com ele, quando ele venceu um evento em Teahupoo. Ele também ganhou a prova Onda do Inverno em 2012 e 2013, com um tubo maluco em Pipeline e foi destaque nos tubos mais pesados do mundo. Foi uma perda sem sentido de vida. Infelizmente, o que aconteceu traz à luz o número de assassinatos no Brasil, que são mais de 50.000 registrados, além de muitos outros que não são declarados. Falta de educação, pobreza e drogas não fazem uma boa mistura e torna a vida um desafio no país, um dos mais belos lugares que já fui. Minhas condolências à família e amigos de Ricardo ao redor do mundo. Nossa pequena comunidade perdeu alguém muito cedo", escreveu Slater.

Ricardo foi baleado na cidade catarinense de Palhoça depois de uma discussão na frente de sua casa. Os tiros acertaram entre seu tórax e abdomen. Um dos projéteis atingiu a veia cava, logo acima do coração.

    Leia tudo sobre: Surfe
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.