Escândalo de doping faz astro do beisebol americano ser punido por 211 jogos

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Jogador mais bem pago da Major League Baseball, Alex Rodriguez fez uso de substâncias proibidas por diversos anos e ficará sem receber salários. Ele vai recorrer da decisão

Drew Hallowell/Getty Images
Alex Rodriguez, astro do New York Yankees

A liga profissional de beisebol dos Estados Unidos (Major League Baseball) anunciou nesta segunda-feira a suspensão de 13 jogadores investigados por uso de substâncias proibidas. Entre eles está Alex Rodriguez, de 38 anos, astro do New York Yankees e atleta mais bem pago da MLB, com contrato em vigor de US$ 275 milhões (R$ 632,5 milhões) por dez temporadas. 

Comente esta notícia com outros torcedores

Rodriguez, por estar envolvido com doping há muitos anos e incentivar outros jogadores a usarem substâncias ilegais, segundo a investigação, pegou a pena mais severa: 211 jogos de suspensão, a serem cumpridos a partir desta quinta-feira. Além dos jogos restantes deste ano, ele está proibido de disputar a liga no ano que vem - a temporada regular da MLB tem 162 partidas. Além de estar apto para atuar apenas em 2015, o jogador não poderá receber salários do Yankees. 

Nesta segunda-feira, Rodriguez fará sua estreia na atual temporada da MLB, contra o Chicago White Sox, após recuperar-se de uma cirurgia no quadril. Ele promete recorrer da decisão.

Segundo Bud Selig, presidente da MLB, Rodriguez rompeu com o código antidoping da liga por utilizar diversas substâncias proibidas no decorrer dos anos, como testosterona e hormônio de crescimento. Ele também está envolvido no escândalo envolvendo a Biogenesis, uma clínica em Coral Gables, fechada em dezembro de 2012, especializada em reposição hormonal e perda de peso, mas que, segundo as investigações, oferecia drogas para melhorar o desempenho de atletas.

Nelson Cruz (Texas Rangers), Jhonny Peralta (Detroit Tigers), Jesus Montero (Seattle Mariners), Everth Cabrera (San Diego Padres), Francisco Cervelli (New York Yankees), Antonio Bastardo (Philadelphia Phillies), Jordany Valdespin (New York Mets), Fernando Martinez, Jordan Norberto, Fautino de los Santos, Cesar Puello, Sergio Escalona (esses últimos cinco atuam nas ligas menores da MLB) são os outros jogadores suspensos por doping. A punição para eles, no entanto, foi menor: 50 partidas. Todos já aceitaram a sanção imposta pela liga.

Em julho, outro jogador, Ryan Braun (Milwaukee Brewers), já havia sido flagrado pelo mesmo envolvimento com a Biogenesis, pegando 65 partidas de gancho.

O caso Biogenesis não é o primeiro escândalo de doping que atinge a Major League Baseball. Alguns ídolos do beisebol, como Jason Giambi e Barry Bonds, tiveram suas carreiras manchadas por envolvimento com o laboratório Balco, que em 2002 gerou uma investigação do governo federal dos Estados Unidos por aplicar anabolizantes em atletas de diversas modalidades.

Leia tudo sobre: beisebolalex rodriguezmlbmajor league baseballdoping

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas