Danos causados pela supertempestade Sandy na cidade norte-americana fará com que competição tenha menos participantes

Marílson dos Santos, fundista brasileiro
Arquivo iG
Marílson dos Santos, fundista brasileiro

Com menos participantes por conta dos danos causados pela supertempestade Sandy, a Maratona de Nova York será realizada neste domingo, às 12h40, com o fundista Marílson Gomes dos Santos tentando o tricampeonato.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Os organizadores confirmaram a realização da prova, mas afirmaram que esperam um número menor de participantes do que o previsto. Dos 47 mil que se inscreveram, 20 mil são estrangeiros e devem ter dificuldades para chegar à cidade.

Marílson, por exemplo, só conseguiu embarcar na cidade nesta quinta-feira, já que o voo original, na terça-feira, foi cancelado por conta da tempestade. "Os atrasos são sempre ruins, é menos tempo para a recuperação do desgaste da viagem e para a aclimatação", lamentou.

A diferença de temperatura entre o Brasil e Nova Iorque representará uma dificuldade extra para o melhor brasileiro no atletismo dos Jogos Olímpicos de Londres. "Se o período que eu teria para aclimatação em Nova York já era curto, ficou ainda menor. E a temperatura está por volta de 7 graus", afirmou.

Apesar dos problemas causados pelo atraso, Marílson garantiu estar tranquilo. "Tenho de estar. Sei que vou ter de trabalhar muito. No mais, é torcer para me sentir bem na hora da prova", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.