Funcionários demitidos pelo Comitê Rio 2016 devem ser ouvidos em Brasília

Dois dos acusados de roubar dados sigilosos da organização dos Jogos de Londres podem falar a parlamentares, a convite do deputado Romário

iG São Paulo | - Atualizada às

Futura Press
Romário quer ouvir os acusados de roubo de dados

A Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados vai convidar dois ex-funcionários do Comitê Rio 2016 para prestar esclarecimentos aos parlamentares sobre o escândalo do roubo de dados sigilosos do Comitê Londres 2012.

Os dois funcionários, Renata Santiago e Rodrigo Hermida, foram demitidos pelo comitê brasileiro, presidido por Carlos Arthur Nuzman, após denúncia feita pelos ingleses.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros leitores

A iniciativa de convidar os ex-funcionários foi do deputado federal Romário (PSB). “A Renata poderá explicar, por exemplo, que tipo de informações teriam sido furtadas e em quais circunstâncias. A sociedade brasileira merece esta resposta”, diz o ex-jogador, em seu site oficial.

Leia ainda: Romário pede investigação sobre Nuzman e Comitê Rio 2016

O deputado federal tem cobrado esclarecimentos de Carlos Arthur Nuzman, a quem vem criticando por se perpetuar no cargo de presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, além de acumular a presidência do Comitê Rio 2016, que organiza os Jogos Olímpicos.

Ainda não há data definida para a audiência dos deputados com Renata Santiago e Rodrigo Hermida.

Opinião: Roubo de dados é um vexame difícil de ser superado

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: Rio 2016COBLondres 2012Carlos Arthur NuzmanRomário

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG