Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google

Zanardi dedica ouro obtido em Londres 2012 a seu mentor no esporte paralímpico

Ex-piloto italiano ressaltou a importância do compatriota Vittorio Podestá, que o apresentou às modalidades esportivas para pessoas deficientes

iG São Paulo * | - Atualizada às

Getty Images
Alessandro Zanardi e a medalha de ouro paralímpica conquistada em Londres

O ex-piloto de Fórmula 1 Alessandro Zanardi, que nesta quarta-feira conquistou a medalha de ouro na prova de contrarrelógio de ciclismo de mão, categoria H4, nas Paralimpíadas de Londres 2012 ,  dedicou a conquista ao compatriota Vittorio Podestá, que o inseriu no esporte adaptado. Zanardi teve as duas pernas amputadas em 2001 depois de acidente sofrido no circuito de alemão da Lausitz, em prova da Champ Car, uma dissidência que existiu dentro da Fórmula Indy.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Em 2007, o italiano conheceu Podestá, que já competia no ciclismo adaptado e o convidou para participar da modalidade. Hoje, os dois subiram ao pódio paralímpico, com o "mentor" em terceiro lugar e o "pupilo" em primeiro. "Eu dedico esse ouro a Vittorio Podestá, sem ele eu nunca iria chegar aqui. Para muitos, parecia que esta aventura na minha idade que era uma loucura, mas essa não é a única loucura que fiz na vida", declarou Zanardi, que também ofereceu a conquista à esposa, Daniela.


Veja também: Ex-piloto Zanardi conquista medalha de ouro nas Paralimpíadas

Na Fórmula 1, o italiano disputou 41 GPs, por Jordan, Minardi, Lotus e Williams, entre 1991 e 1999. Na Champ Car, por sua vez, conquistou dois títulos, em 1996 e 1998. Após perder as duas pernas, o Zanardi reapareceu no cenário esportivo como piloto no Mundial de Carros de Turismo (WTCC), pilotando um BMW 320i adaptado. Conquistou quatro vitórias.

Blog Espírito Olímpico: Zanardi é medalha de ouro e lição de vida

Em 2007, passou a competir no ciclismo adaptado. Quatro anos depois, foi vice-campeão mundial. Também em 2011 disputou a Maratona de Nova York, com sua bicicleta de mão.

* Com EFE

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG