Medalha de prata no Parapan de Guadalajara, em 2011, ele testou positivo para a substância proibida hidroclorotiazida e acabou excluído do evento em Londres.

Bruno Carra, durante o Parapan de Guadalajara, foi pego no doping nas Paralimpíadas de Londres
Getty Images
Bruno Carra, durante o Parapan de Guadalajara, foi pego no doping nas Paralimpíadas de Londres

Após anos de preparação, Bruno Carra foi avisado que não participaria das Paralimpíadas de Londres nesta sexta-feira, justamente no dia em que se iniciaram as disputas do levantamento de peso, a modalidade do brasileiro. Medalha de prata no Parapan de Guadalajara, em 2011, ele testou positivo para a substância proibida hidroclorotiazida e acabou excluído do evento em Londres.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O exame antidoping foi realizado no dia 24 de agosto, quando o atleta brasileiro, que tem nanismo, já se encontrava na Vila Paralímpica, segundo informação do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Veja também: André Brasil leva ouro nas Paralimpíadas de Londres

Além de ser excluído dos Jogos de 2012, Bruno Carra pode sofrer outras punições. Seu futuro no esporte só será decidido após julgamento do caso pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC), que ainda não tem data marcada.

Leia também: Seleção de goalball é massacrada pela China nas Paralimpíadas

A hidroclorotiazida é um diurético presente em alguns medicamentos para controle de pressão alta, e está na lista de restrições da Wada (sigla em inglês para Agência Mundial Antidoping), pelo fato de poder mascarar substâncias proibidas que influenciam no rendimento dos atletas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.