Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google

Em festa, brasileiros hasteiam bandeira nas Paralimpíadas de Londres 2012

Cerimônia realizada na Vila Paralímpica reuniu toda em peso a delegação do Brasil. Atletas do país elogiam as instalações londrinas

Agência Estado |

Agência Estado

Getty Images
Grupo teatral que atuou na cerimônia de hasteamento da bandeira brasileira na Vila Paralímpica de Londres

Os atletas do Brasil nas Paralimpíadas de Londres viveram um clima festivo nesta segunda-feira, quando aconteceu a cerimônia de hasteamento das bandeiras dos países que disputarão a competição, agendada para acontecer entre esta quarta-feira e o dia 9 de setembro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Eles foram recepcionados em uma espécie de apresentação circense que contou com músicas do Queen, entre elas a famosa "We are the Champions". O evento teve a presença dos principais favoritos a conquistar medalhas de ouro da delegação do Brasil, como por exemplo os nadadores Daniel Dias, Clodoaldo Silva e André Brasil, além de Lucas Prado e Terezinha Guilhermina, ambos do atletismo.

Veja também: Comitê proíbe, mas atletas paralímpicos se mutilam antes de competições

A delegação do Brasil, por sinal, compareceu em peso ao evento, o que acabou provocando um "mar amarelo" na Vila Paralímpica, já que os atletas usavam os agasalhos da equipe nacional nesta segunda relativamente fria em Londres.

Os atletas do país, por sua vez, vêm elogiando as instalações destas Paralimpíadas, sendo que essa edição da competição é considerada mais prática em termos logísticos do que os Jogos de Pequim 2008, onde tudo foi considerado muito grandioso, mas havia maiores problemas de deslocamento entre um local e outro na China.

"Não dá pra comparar Londres com Pequim porque esses Jogos são mais compactos, mas acho que eles (organizadores) encontraram boas soluções para fazer as coisas do jeito deles e ainda sim conseguir uma boa recepção aos atletas", disse Andrew Parsons, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), no evento desta segunda.

Blog Espírito Olímpico: Londres começa a entrar no clima das Paralimpíadas

O nadador Daniel Dias, que nasceu com má formação congênita dos membros superiores e da perna direita, também destacou a praticidade das instalações em Londres. "Antes as distâncias eram maiores. Agora fica mais fácil de se deslocar. Agora estamos em um local privilegiado. A Vila fica perto das piscinas onde acontecem as competições", disse o atleta, que é detentor do recorde mundial nas provas de 100 e 200 metros livre, 100 metros costas e 200 metros medley, além de ter conquistado nove medalhas em Pequim - quatro de ouro, quatro de prata e uma de bronze.

Leia tudo sobre: ParalimpíadasBrasilLondres 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG