iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

03/08 - 06:21

César Cielo: "Só penso em nadar ainda mais rápido"

Campeão nos 100m e 50m livres, César Cielo afirma que o torneio em Roma foi "o Mundial que ele queria"

Redação iG Esporte e EFE


ROMA (Itália) - O nadador brasileiro César Cielo, ganhador das duas medalhas de ouro que o Brasil conseguiu no Mundial de Esportes Aquáticos, confessa que ele só pensa em nadar "ainda mais rápido".

"Só penso em nadar ainda mais rápido. Eu escrevo os tempos que faço um dia após outro e, quando retrocedo algum centésimo, fico chateado", diz o campeão do mundo dos 50 e 100 metros livres em entrevista publicada nesta segunda-feira pelo jornal italiano La Stampa.

"Sei que é normal, alguém não pode estar sempre por cima, mas as comparações me ajudam para minha preparação mental. E no tempo livre leio livros que ajudam a minha cabeça", acrescenta.

Cielo sai do Mundial de Roma como grande velocista da piscina, após ganhar as provas dos 50 e 100 metros livres e de bater o recorde do mundo nesta última categoria, com um tempo de 46 segundos e 91 centésimas.

E sai também com o grande afeto que o público das piscinas do Foro Itálico lhe demonstrou com suas vitórias, feito no qual teve também muito que ver com as lágrimas que o jovem nadador de 22 anos deixou aflorar ao subir duas vezes ao pódio de Roma com o Hino Nacional de fundo.

"Este Mundial era o que eu queria", comenta o brasileiro, explicando que as duas medalhas de ouro recompensam o esforço de estar a maior parte do tempo longe da família.

"Foi aqui que tudo mudou. Sou mais maduro, sei passar pela tensão e também pelos momentos críticos. Em uma semana terei dormido o suficiente, mas na água não sofri e, inclusive, na prova dos 50 metros, na qual não fiz um grande tempo, consegui as energias necessárias", diz.

Cielo se mostra como um jovem que acredita no esforço e "no sacrifício" como forma de conseguir o sucesso e como a melhor maneira de atingir um ótimo treino que leve à vitória, inclusive, se as sensações sobre a piscina não são as melhores.

O nadador está "satisfeito" por ter conseguido monopolizar grande parte da atenção da informação esportiva de seu país que normalmente se dedica a outro esporte: "Tenho que dizer que nestes dias roubei muito espaço do futebol no Brasil", diz.

O campeão aproveitará esta semana para se reencontrar com seus pais e tirar férias com eles pela Itália, assim como para fazer compras na capital italiana.


Leia mais sobre: natação César Cielo Mundial de Esportes Aquáticos

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reuters

cielo

César Cielo
Além dos ouros, nadador ainda bateu recorde mundial nos 100m livre, com tempo de 46s91

Topo
Contador de notícias