iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

04/12 - 10:51

Mulher "mais forte do mundo" deixa vergonha e vira celebridade
Jang ganhou o ouro na categoria superpesados do levantamento de peso, batendo uma série de recordes em Pequim

Reuters

SEUL (Coréia) - A levantadora de peso sul-coreana Jang Mi-ran não gostava de sua estatura quando era adolescente. Agora, conhecida como "a mulher mais forte do mundo", ela se tornou um modelo de comportamento para jovens de seu país e do exterior.

Jang ganhou a medalha de ouro na categoria superpesados do levantamento de peso, batendo uma série de recordes, nos Jogos Olímpicos de Pequim. Desde então, a atleta de 125kg se tornou uma heroína nacional e fonte de inspiração para outras mulheres.

Ela falou à Reuters sobre sua vida de atleta e sobre tornar-se uma celebridade.

Pergunta - Qual a melhor coisa de ser a mulher mais forte do mundo?
Reposta - Eu achava que o meu tamanho era um defeito, antes de começar a levantar peso. Mas, depois que comecei, isso se tornou minha maior vantagem. Agora, estou muito feliz por ser considerada a mulher mais forte do mundo.

P - E qual a pior parte? Seus amigos lhe pedem ajuda para trocar os móveis de lugar ou para abrir potes?
R - Não, não frequentemente, ainda bem. Acho que a força que uso para levantar peso é diferente da força necessária para desempenhar outras tarefas. Acho que não sou excepcionalmente forte nas atividades do cotidiano.

P - Mas, ainda assim, você abre potes com facilidade?
R - Ah, sim, a maioria.

P - O que você gostaria de fazer depois de se aposentar como levantadora de peso?
R - Acho que vou continuar sendo atleta até 2012, mas não sei exatamente. Espero dividir minhas experiências com outras pessoas, como professora, seja em um campo relacionado ao esporte ou como psicóloga.

P - Você acha que os alunos vão ficar com medo de você, caso se comportem mal?
R - Bem, eu assusto muita gente, não só estudantes, é o tempo todo. Mas eles percebem que não sou uma ameaça quando começam a conversar comigo.

P - Qual foi seu momento mais feliz como atleta?
R - Ganhar o ouro em Pequim. Eu não conseguia acreditar. Eu sabia que tinha quebrado um recorde, mas era só isso. No momento em que subi ao pódio e recebi a medalha, foi diferente. Eu pensei: 'nossa, realmente ganhei o ouro'. Foi o momento mais feliz da minha vida.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias