iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

28/11 - 12:37

Pentatlo muda regras para ficar mais dinâmico
Prova de tiro, que costuma abrir as competições de pentatlo, passará a ser a última, de forma integrada com a corrida

 

Gazeta Esportiva

LA ANTIGUA (Guatemala) - O último congresso anual da União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) decidiu modificar as regras da modalidade para 2009. Para se tornar mais dinâmico e assim ficar mais sintonizado com os interesses de público, mídia e televisão, a prova de tiro, que costuma abrir as competições de pentatlo, passará a ser a última, de forma integrada com a corrida.

Conforme ficou definido pela UIPM em reunião realizada no último fim de semana em La Antigua, na Guatemala, os eventos de pentatlo moderno a partir de janeiro do ano que vem serão iniciados com a disputa da esgrima, passando para natação, hipismo e ficando a decisão para a corrida, que será intercalada com o tiro.

Para o presidente da Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM), Hélio Meirelles, que esteve presente no congresso da entidade, a mudança era inevitável.

“O Comitê Olímpico Internacional está cada vez mais seletivo em relação aos esportes que compõem o programa olímpico”, disse o dirigente, ressaltando que o pentatlo, que já está assegurado nas Olimpíadas até 2016, mudou suas regras para cavar seu espaço visando ao ano de 2020.

“Já em 2013, o COI irá decidir quais esportes estarão presentes nos Jogos de 2020, e a UIPM buscou mostrar que está sintonizada com os critérios de interesse por parte do público e da mídia, principalmente a TV”, continuou Hélio Meirelles. “A modalidade olímpica que não tiver uma boa receptividade por parte da TV está com seu futuro comprometido em termos de permanência nos Jogos”.

Segundo o presidente da CBPM, os dirigentes do órgão internacional que regula o pentatlo moderno acreditam que a modalidade ganhará em emoção a partir da próxima temporada, pois a prova de tiro, isolada e realizada em ambiente fechado, nas primeiras horas da manhã, era muito estática.

A nova fórmula, portanto, aparece para dar mais dinâmica à competição: logo após a largada da corrida, que continuará sendo de 3 quilômetros, os competidores darão a primeira parada para o tiro (uma série de cinco alvos a serem atingidos a cada mil metros, no espaço de um minuto e dez segundos). O alvo estará a 10 metros de distância e com visibilidade para o público, que ficará sabendo do resultado de cada atleta imediatamente, já que uma luz verde aparecerá quando o objetivo for concretizado.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias