iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

13/11 - 14:50

Mais de 100 países ratificam código antidoping da Unesco

Convenção apresentada em 2005 precisava de 30 assinaturas de governos para ter validade e hoje possui mais de 100

Gazeta Esportiva

LONDRES (Inglaterra) - O diretor geral da Agência Mundial Antidoping (WADA), David Howman, comemorou a ratificação da Convenção de Doping no Esporte da Unesco por mais de 100 países. Segundo Howman, isto significa transformar as infrações de doping em assunto legal nos países que assinaram o acordo.

"Isto está elevando bastante os padrões. Os governos estão demonstrando determinação na luta contra o doping e a WADA agradece", declarou o dirigente.

No final de fevereiro, 77 países haviam concordado em assinar a convenção, levando o presidente da Agência, John Fahey, a pedir mais apoio à iniciativa. Nesta quarta-feira, durante uma reunião no quartel-general da Unesco, ele anunciou o novo número de signatários, mas disse que o trabalho ainda não estava concluído.

"Ainda temos um longo caminho a percorrer. O doping ainda é muito fácil em muitos países porque não há leis fortes o suficiente. Vamos melhorar a luta através da legislação", disse.

Para o diretor-geral da Unesco, Koichiro Matsuura, o número de assinaturas é 'um passo importante na luta contra o doping esportivo. A ênfase foi colocada na luta contra o doping tanto na área médica quanto na científica'.

Apresentada na conferência geral da Unesco de 19 de outubro de 2005, a convenção precisava da assinatura de 30 governos para ser validade. Contudo, até julho de 2006, apenas 14 países já tinham aderido à proposta.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias