iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

11/11 - 14:48

Virada Esportiva 2008 quer atrair 2 milhões de participantes em SP

Evento levará atividades a 383 locais e terá novidades como o Kart na Madrugada e o basquete de rua

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Em sua segunda edição, a Virada Esportiva tem metas bastante ambiciosas para 2008. O evento promovido pela Secretaria de Esportes da Cidade de São Paulo desde o ano passado pretende atrair 2 milhões de participantes nas quase 700 atividades programadas para este final de semana na capital paulista.

"Queremos que a Virada Esportiva entre no Guiness. Hoje, este já é o maior evento no Brasil e no mundo", admite o secretário Walter Feldman, que comanda o projeto pela segunda vez.

A presença no livro dos recordes pode não se dar como maior evento esportivo do mundo, mas pelo menos uma das atividades programadas pretende colocar a iniciativa nas páginas do próximo anuário. O ultramaratonista Luciano dos Santos tentará bater o recorde mundial de corrida em esteira durante o evento que começa neste sábado, às 14 horas e termina domingo no mesmo horário.

"A Virada Esportiva hoje é referência. É um grande evento esportivo da humanidade", elogiou o prefeito Gilberto Kassab nesta terça-feira, durante o lançamento oficial, no Museu do Futebol. Segundo ele, várias cidades do mundo têm procurado a capital paulista para 'saber como organizar' algo semelhante.

Assim como no ano passado, o evento terá atividades que agradem a todos os públicos e faixas etárias, contando ainda com o reforço de grandes nomes do esporte apoiando e participando da iniciativa. Já na cerimônia de lançamento atraiu medalhistas olímpicos como Paula e o judoca Henrique Guimarães, além dos olímpicos Jadel Gregório (salto triplo) e José Telles (maratona). E durante as atividades a campeã olímpica de salto em distância Maureen Maggi e o medalhista olímpico do revezamento 4x100, Claudinei Quirino, vão ministrar clínicas para os interessados em atletismo no período da manhã dos dois dias do evento no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera.

Para a ex-jogadora de basquete Magic Paula, campeã do mundo e atual diretora do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), o evento coloca o esporte na vitrine, dando um passo importante para construir uma consciência esportiva na cidade. "Nós que somos do esporte sabemos que só o envolvimento do poder público pode fazer deste o país do futuro no esporte olímpico e esporte começa com participação".

Mas o universo almejado pela Secretaria é ainda mais amplo. "A Virada Esportiva se insere em uma nova percepção do esporte como veículo de inclusão e formação social, encurtando distâncias sociais. Estamos incorporando uma atitude antiga de países desenvolvidos que usam o esporte assim", destaca Feldman, que desde o ano passado confessa o sonho de transformar São Paulo na capital brasileira do esporte.

O projeto já rende frutos. Motivado pela experiência da capital, a Secretaria Estadual de Esportes encampou proposta semelhante em nove cidades. "Nosso objetivo é fazer que exista interesse através do choque de 24 horas nas quais o esporte vira o núcleo principal. Que se mobilize a população", afirma o secretário Claury Alves.

Ao contrário de 2007, desta vez a Virada acontece quase dois meses mais tarde para não pegar o período eleitoral. Mesmo assim, seus organizadores acreditam que não haverá dano no interesse e participação. Por isso, estão confiantes na duplicação do número de participantes (50% do 1 milhão de 2007 praticou atividades esportivas diretas e o restante foi de público, calculam).

Como sempre, a diversidade é uma das principais marcas do programa, incluindo desde os tradicionais futebol, ginástica, futsal, vôlei e basquete até modalidades radicais como arvorismo, bike, bungee-trampolim, rally náutico e free style. Além dos jovens, a terceira idade também terá muitas opções e acabou por se tornar um dos focos principais de incentivo nesta edição.

O mesmo acontecendo com o paradesporto, que terá dez horas de programação ininterrupta no domingo, somente no Pacaembu, além de outras praças esportivas. Aliás, o campeão paraolímpico de natação Daniel Dias foi o homenageado do dia pelo prefeito Kassab, representando todos os atletas envolvidos na iniciativa. Dias conquistou nove medalhas nos Jogos de Pequim, em agosto.

Para atingir os moradores de toda a cidade, a Prefeitura levará atividades a 383 locais. O programa terá novidades como o Kart na Madrugada, para o qual o secretário sonha contar com a presença de nomes como o tricampeão mundial Nelson Piquet e o vice-campeão Felipe Massa, e o evento de basquete de rua com o norte-americano The Professor. Outras iniciativas serão repetidas como o desafio entre o melhor enxadrista da história do Brasil, Mequinho, contra 20 adversários simultâneos, e eventos de dança e música.

A programação oficial começa com a Arena da Juventude Radical, no sambódromo do Anhembi, misturando esportes e expressão musical. O calendário completo do evento está no site www.viradaesportivasp.com.br


Leia mais sobre: Virada Esportiva

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias