iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

07/11 - 19:48, atualizada às 10:45 08/11

CBG nega processo contra ginastas
Segundo assessoria de imprensa, em momento nenhum a supervisora Eliane Martins mencionou processar as atletas

Gazeta Esportiva


SÃO PAULO - Através de nota oficial, a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) negou que esteja processando as ginastas Jade Barbosa, Laís Souza e Daiane dos Santos. A informação havia sido divulgada nesta sexta-feira pelo jornal Diário de São Paulo .

Segundo a assessoria de imprensa da entidade, em momento nenhum a supervisora de seleções Eliane Martins mencionou processar as atletas e nem acionou a Justiça contra nenhum ginasta ou ex-ginasta.

As atletas e a CBG estão protagonizando uma polêmica desde as Olimpíadas de Pequim, quando o pai de Jade, César, afirmou que a filha teve uma lesão no punho negligenciada. Mais discretamente, Daiane e Laís, que atualmente se recuperam de cirurgias no joelho, também demonstraram mágoas com a CBG.

Confira a nota oficial:

A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) vem à público esclarecer, por meio desta nota, a informação equivocada veiculada por alguns veículos de comunicação nesta sexta-feira (07/11/2008) com relação asginastas Jade Barbosa, Daiane dos Santos e Laís de Souza.

Em momento algum Eliane Martins mencionou processar as atletasacima citadas em única entrevista concedida nesta quinta-feira (06/11/2008) para o jornal Diário de S. Paulo e agora reproduzida por outros meios de comunicação. Assim como a entidade não acionou a Justiça contra nenhum ginasta ou ex-ginasta, não existindo processo em tramitação.


Leia mais sobre: Confederação brasileira de ginástica

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reuters

Reuters

Maus-tratos na Olimpíada
Segundo pai de Jade, sua filha teve uma lesão no punho negligenciada pela CBG

Topo
Contador de notícias