iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

06/11 - 12:09

Lutador que atirou medalha é suspenso por dois anos
Ara Abraham ficou revoltado com a arbitragem da disputa e jogou medalha de bronze no chão, nos Jogos de Pequim

 

Agência Estado

ESTOCOLMO (Suécia) - O sueco Ara Abrahamiam foi suspenso por dois anos de competições de luta greco-romana por ato de indisciplina cometido durante os Jogos Olímpicos de Pequim. Revoltado com a arbitragem da disputa, ele atirou sua medalha de bronze no chão.

A Federação Sueca de Luta foi punida e ficará dois anos sem sediar eventos internacionais por dois anos. Leo Myllari, técnico de Abrahamiam, também foi suspenso pelo mesmo período. Todos também terão que pagar multas.

O lutador ficou indignado com o resultado da semifinal da categoria até 84 kg, em que foi derrotado pelo italiano Andrea Minguzzi. Abrahamiam retirou a medalha logo depois de receber a honraria. Em seguida, desceu do pódio e abandonou a medalha no ringue da luta greco-romana.

A atitude levou a organização da Olimpíada a desclassificar o lutador sueco. A medalha de bronze foi entregue ao francês Milonin Noumonvi.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias