iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

31/10 - 16:56

Marilson tenta nova vitória na maratona novaiorquina
Dono da melhor marca da América do Sul na distância, o atleta brasiliense terá dois outros ex-campeões da prova entre seus adversários

Gazeta Esportiva

NOVA IORQUE (Estados Unidos) - Campeão em 2006, o brasileiro Marilson Gomes dos Santos tenta repetir o resultado na edição deste ano da Maratona de Nova York. Neste domingo, ele volta a correr a prova, figurando entre os favoritos.

Dono da melhor marca da América do Sul na distância, o atleta brasiliense terá dois outros ex-campeões da prova entre seus adversários. O queniano Paul Tergat, ex-recordista mundial venceu em 2005 com o sul-africano Hendrick Ramaala, vencedor do ano anterior, na segunda posição. Os dois tentam desbancar o brasileiro na luta pelo bicampeonato.

A lista de candidatos conta ainda com cinco representantes do tradicional Quênia, todos com marcas abaixo de 2h08 nos últimos 12 meses. Abel Kirui fez 2h06min51 em Berlim-2007; Daniel Rono, 2h06min58, em Roterdam-2008; Isaac Macharia, 2h07min16, em Dubai-2008; Hosea Rotich, 2h07min24, em Paris-2008; e o tricampeão de Frankfurt Wilfred Kigen venceu em Hamburgo-2007 com 2h07min33.

No feminino, a organização confirmou a recordista mundial Paula Radcliffe, além da queniana Catherine Ndereba. Radcliffe detém a melhor marca da distância com 2h15min25. Ndereba, que também já foi a mais rápida do mundo, tem 2h18min47. Nos últimos dois anos, ela foi campeã Mundial em Osaka-2007 e vice-campeã olímpica em Pequim-2008. Radcliffe ficou fora dos Jogos por causa de uma lesão.

Outra competidora de peso é a etíope Gete Wami. Campeão do Circuito Mundial de Grandes Maratonas, ela tem como melhor marca pessoal 2h21min34.


Leia mais sobre: Marilson Gomes dos Santos Maratona de Nova York

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias