iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

30/10 - 16:15

Em nova categoria, Honorato está motivado para voltar à seleção
“Acredito que tenho chances de ir bem nesta seletiva", disse o judoca, que foi para o meio-pesados

Gazeta Esportiva

VITÓRIA -  Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000, o judoca Carlos Honorato está com ânimo renovado para voltar a defender a seleção brasileira de judô. Em nova categoria, agora nos meio-pesados, o atleta disputará, neste final de semana em Vitória (ES), a primeira seletiva do novo ciclo olímpico do judô brasileiro, chamado de Projeto Londres-2012, e está animado para conquistar uma vaga no grupo nacional.

“Acredito que tenho chances de ir bem nesta seletiva. Venho fazendo um trabalho desde o início do ano voltado para esta nova categoria e acho que posso estar na fase final e conquistar a vaga”, afirmou Honorato, em entrevista à Gazeta Esportiva.Net.

Depois de ter desistido de participar da seletiva final do Brasil para os Jogos de Pequim, por problemas de saúde, agora, Honorato sonha em voltar a defender as cores verde e amarela nas próximas competições internacionais.

“Na véspera da seletiva (para Pequim), peguei uma virose e decidi não participar”, contou o medalhista olímpico. “Meu objetivo, agora, é poder voltar à seleção nesta nova categoria e estar no Mundial do ano que vem e nas Olimpíadas de Londres-2012”, disse o judoca, que optou por sair dos médios para lutar nos meio-pesados.

“O desgaste de sempre estar tendo que perder peso era muito grande nos médios, então, decidi mudar de categoria e agora não tenho mais que ficar emagrecendo”, explicou o judoca. Na categoria médio, o peso máximo dos atletas, no masculino, é de até 90kg, enquanto na meio-pesado, 100kg.

Além de Honorato, outros importantes nomes do judô brasileiro estarão na primeira seletiva do Projeto Londres-2012, como é o caso da campeã mundial júnior Rafaela Lopes, além de Daniel Hernandes, Giullia Penalber, Camila Minakawa, bronze no Mundial Júnior, e Charles Chibana.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias