iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

21/10 - 16:08

FIJ estuda mudanças na regras do judô para 2009

A entidade máxima do judô mundial testará o uso do combate direto, ou seja, não haverá mais a utilização do mate

Gazeta Esportiva

BANGCOQ (TailÂndia) - A Federação Internacional de Judô (FIJ) aproveitará o Mundial Júnior da modalidade, a ser realizado a partir do dia 23 deste mês, na Tailândia, para testar três mudanças nas regras vigentes, que, se aprovadas, entrarão em vigor a partir do próximo ano.

A entidade máxima do judô mundial testará o uso do combate direto, ou seja, não haverá mais a utilização do mate (comando que serve para paralisar a luta), além da extinção do koka (pontuação mais baixa do judô) e a diminuição para três minutos, em vez dos cinco habituais, do Golden Score (momento em que os judocas lutam para desempatar o combate, e quem marcar o primeiro ponto vence).

Além destas três mudanças, os atletas passarão a competir sob um novo formato de chave, em que a repescagem começará a partir das quartas-de-final e não mais nas semifinais, como sugere a regra atual.

“Não existe melhor laboratório no mundo para testarmos essas novas regras do que o Mundial Júnior”, falou o presidente da FIJ, Marius Vizer. ““Tudo o que queremos é manter o espírito do judô”, complementou o diretor de arbitragem da entidade, Juan Barcos.

Porém, nenhuma decisão em relação às novas regras será tomada sem levar em conta as opiniões das diversas confederação de judô de cada país. “Depois do evento (Mundial Júnior), nós vamos colher a opinião dos atletas, técnicos, árbitros e oficiais para ver se as mudanças são boas ou não, e, a partir daí, tomaremos nossa decisão antes do começo da temporada 2009”, explicou Barcos. “É apenas um teste e queremos o feedback deles para tomar uma decisão”, emendou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias