iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

20/10 - 11:25

Campeão do Mundo, Falcão nega agressão a espanhol Álvaro

Jogador afirmou que aconteceu apenas uma troca de empurrões e que foi provocado durante toda partida

Gazeta Esportiva


RIO DE JANEIRO - Acusado de agressão a Álvaro pela seleção espanhola de futsal, Falcão aproveitou para se defender nesta segunda-feira. Alegando ter sido provocado durante toda a decisão da Copa do Mundo, vencida pelo Brasil nos pênaltis neste domingo, o ala garantiu que houve apenas uma “troca de empurrões” entre ele e o jogador espanhol.

Futura Press
Falcão parte para agredir Álvaro (de vermelho) e atinge também o brasileiro Ciço

Após assistir à parte final do jogo deste domingo do banco de reservas, já que lesionou o joelho e não pôde mais voltar à quadra, Falcão viu o goleiro adversário Luis Amado criticar sua postura. Considerando que o brasileiro não é “boa pessoa como os demais”, o espanhol chamou a atenção para o suposto soco desferido pelo atleta do Malwee/Jaraguá em Álvaro.

Mais calmo nesta segunda-feira, o ala eleito o melhor jogador do Mundial aproveitou para negar a veracidade das afirmações de Amado ao Sportv. “Quando ele (Álvaro) estava cumprimentando o Ciço, houve uma troca de empurrões. Mas não chegou a haver agressão, se isso tivesse ocorrido todo mundo teria saído para a briga”.

Ainda de acordo com Falcão, ele foi vítima de provocação dos europeus após ter sido obrigado a deixar à quadra. “Quando eu estava de fora com o joelho machucado, provocaram-me, disseram que eu sou ‘pipoqueiro’. Depois, aproveitei para comemorar muito. Tem que saber perder”.

Nesta segunda, o ala esteve em São Paulo por conta de sua lesão. Embora não precise passar por cirurgia, ele deve ficar de dois a três meses afastado das quadras.


Leia mais sobre: Falcão Álvaro Copa do Mundo de Futsal

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reuters

falcao futsal

Melhor do Mundo
Ala eleito melhor jogador do Mundial, afirmou que foi chamado de pipoqueiro pelos espanhóis

Topo
Contador de notícias