iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

19/10 - 16:24

Marquinho ensaia aposentadoria da seleção brasileira de futsal

"Vai ser difícil continuar, até por causa da minha idade (34 anos). É bom concluir assim esta história", disse

EFE

RIO DE JANEIRO - O ala Marquinho afirmou hoje, após a final do Mundial de futsal, contra a Espanha, que não deve mais jogar pela seleção brasileira. A informação coincide com o discurso do técnico PC de Oliveira, que afirmou que a equipe passará por um processo de renovação e precisará procurar novos nomes.

"Vai ser difícil continuar, até por causa da minha idade (34 anos). É bom concluir assim esta história. Acho que meu ciclo terminou. O sentimento é gratificante, de satisfação", afirmou.

Na hora em que a Espanha recebia as medalhas de prata na tribuna do Maracanãzinho, Marquinho fez gestos de adeus na direção dos adversários. No entanto, o ala negou que tenha sido uma provocação.

Momentos antes, houve uma confusão entre os jogadores das equipes.

"Não foi para os espanhóis, mas sim para meus amigos e familiares. Até seria bobeira provocar a Espanha. A gente come, vive e trabalha lá", disse o jogador, do Inter Movistar.

O Brasil conquistou hoje o Mundial de futsal após bater os espanhóis nos pênaltis por 4 a 3. No tempo normal, a partida terminou empatada em 2 a 2. EFE plc/dp

Leia mais sobre: Copa do Mundo de fusal

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias