iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

18/10 - 20:27

Campeã revela que 'imitou' prova de 3º colocado para vencer
“Depois que vi o desempenho do Ludger, tentei imitá-lo. Fui muito feliz de ter sido a última a entrar na pista (no desempate) e tudo saiu como eu queria", disse

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Campeã da grande final do Global Champions Tour, a irlandesa Jessica Kurten revelou depois de vencer a prova que tentou ‘imitar’ o terceiro colocado, o alemão Ludger Beerbaum, no momento em que entrou na pista.

Após a conquista, a amazona, que está suspensa pela Federação Eqüestre Internacional (FEI), mas que competiu com uma autorização do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), disse que é um ‘grande privilégio’ vencer uma competição de tão alto nível quanto a disputada neste sábado.

“Depois que vi o desempenho do Ludger, tentei imitá-lo. Fui muito feliz de ter sido a última a entrar na pista (no desempate) e tudo saiu como eu queria. Por isso, quando fui saltar o último obstáculo, percebi que era realmente possível vencer”, afirmou a campeã, que arrebatou o maior prêmio já pago na história do hipismo, 300 mil euros (cerca de R$ 851 mil).

Modesta, Kurten afirmou já se sentir satisfeita pelo fato de ter competido entre os melhores cavaleiros e amazonas do mundo. “Estar entre os 18 melhores já era um grande privilégio e ainda não consigo descrever a emoção que estou sentindo”, comentou.

O pódio da grande final da competição, que é considerada a ‘Fórmula 1 do hipismo’, foi completado pela amazona alemã Meredith Michaels-Beerbaum, atual líder do ranking mundial, e por seu cunhado Ludger Beerbaum. Ela terminou o percurso do desempate em 35s01, sem cometer faltas, enquanto ele encerrou a prova em 37s06, também em pista limpa.

Acostumada com grandes desafios, Meredith disse que a prova paulista foi mais difícil que muitas das que já participou. “Sinto-me honrada de estar nesta final, que teve grau de dificuldade maior que o da final individual das Olimpíadas”, falou a vice-campeã, que levou a premiação de 180 mil euros (cerca de R$ 510 mil).


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias