iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

16/10 - 16:17

Revoltado, técnico da seleção da Itália cogita abandonar futsal

Penso em desistir, sim. Um esporte assim não pode ser a minha vida", disse, após polêmica derrota contra Espanha

EFE

RIO DE JANEIRO - Revoltado com a decisão da arbitragem, que validou um suposto gol irregular da Espanha, o técnico da Itália, Alessandro Nuccorini qualificou o incidente de "vergonhoso" e cogitou abandonar o esporte.

Os espanhóis venceram a semifinal por 3 a 2 graças um gol contra de Foglia marcado no último segundo da prorrogação. Nuccorini também rejeitou continuar à frente da Itália no próximo Mundial.

O treinador disse à Agência Efe que a equipe pode repetir o papel da seleção do futebol de campo - eliminada por erros de arbitragem da Copa de 2002 e campeã em 2006. No entanto, ele não será o comandante deste eventual título.

"Seguramente a história pode se repetir. Mas será com outro técnico, não comigo", disse. Na coletiva, Nuccorini disse que é inútil continuar em um esporte em que incidentes assim acontecem.

"É inútil continuar em um esporte em que coisas deste tipo acontecem. Pode-se perder, mas não desse jeito. Penso em desistir, sim. Um esporte assim não pode ser a minha vida", concluiu. 


Leia mais sobre: futsal Mundial de futsal

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias