iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

15/10 - 11:35

UCI planeja aumentar para 4 anos punição em casos de doping
Em meio a diversos casos de doping no ciclismo, a União Ciclística Internacional (UCI) está planejando aumentar o tempo das sanções nos casos de doping e passar de dois para quatro anos o período máximo de suspensão a partir de 2009. Esta idéia é de Pat McQuaid, presidente da entidade máxima do ciclismo mundial.

Gazeta Esportiva

Entretanto, o dirigente reconheceu que ele gostaria de suspender perpetuamente os atletas que infligirem as regras antidoping.

“Disse em outras ocasiões que eu gostaria de ver estas pessoas fora do esporte, mas isto é unicamente uma opinião pessoal. Estamos obrigados a seguir o Código Mundial Antidoping e isso é o que a UCI fará”, afirmou McQuaid, em uma declaração ao site www.cyclingnews.com.

De toda forma, o presidente da UCI recordou que o regulamento da Agência Mundial Antidoping (Wada) prevê, ‘atualmente, um máximo de dois anos para um caso positivo’, mas que a partir de janeiro de 2009, ‘terá um pouco mais flexibilidade’.

“Podemos aumentar para quatro anos (a pena) nos casos de confabulações internacionais”, advertiu McQuaid, dizendo que os recentes casos positivos para Cera (EPO de terceira geração) do alemão Stefan Schumacher e do austríaco Benhard Khol seriam considerados dessa forma pela UCI. “Em 2009, um ciclista que cometer um caso similar será sancionado por quatro anos”, garantiu.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias