iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

15/10 - 17:26

Ciclista austríaco admite doping na Volta da França
"Eu sucumbi à tentação porque a pressão em mim para o sucesso era enorme", disse Bernhard Kohl

Agência Estado

VIENA (Áustria) - O ciclista austríaco Bernhard Kohl admitiu nesta quarta-feira ter utilizado o CERA - hormônio sintético derivado do EPO - durante a Volta da França deste ano. Kohl justificou o doping pela enorme pressão por uma boa performance.

"Eu sucumbi à tentação porque a pressão em mim para o sucesso era enorme", disse Kohl. O ciclista tentou se justificar, alegando que poderia ficar desempregado sem uma boa temporada.

Na segunda-feira, Kohl foi o quarto ciclista flagrado pela utilização do CERA (Ativador Contínuo do Receptor de Eritropoietina, na sigla em inglês) e sétimo pelo uso de doping na edição da Volta da França deste ano.

Terceiro colocado na Volta da França deste ano, e ainda dono do título de melhor escalador de montanhas da competição, Kohl fez parte da equipe Gerolsteiner durante toda a temporada, mas já tinha assinado com a equipe Silence-Lotto até 2011.

Com a divulgação do doping, Kohl acabou sendo demitido da nova equipe e pode ficar até dois anos sem poder competir. Apesar da suspensão, o ciclista revelou também que não irá recorrer da provável punição.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias