iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

14/10 - 14:44

Agência francesa antidoping descarta novos casos no último Tour de France
Número de positivos ficará em sete, já contando com o austríaco Bernhard Kohl, terceiro na classificação final

 

EFE

PARIS (França) - A agência antidoping francesa descartou hoje novos casos de doping no último Tour de France por Cera, eritropoetina (EPO) de última geração, já que foi encerrada a fase de análises da substância.

Com isso, o número de positivos ficará em sete, já contando com o austríaco Bernhard Kohl, terceiro na classificação final e melhor nas etapas de montanha.

A agência estendeu o período de análise das amostras sanguíneas do último Tour depois de o laboratório francês de Chatenay-Malabry, em colaboração com o de Lausanne, criar um novo sistema para detecção da EPO.

O método, que combina a análise das amostras de urina e sangue, permitiu a descoberta de casos como o do italiano Leonardo Piepoli, do alemão Stefan Schumacher e do próprio Khol.

Foram analisadas as amostras daqueles ciclistas cujos níveis sanguíneos eram suspeitos, e a própria agência esclareceu que não verá mais nenhuma recolhida durante o Tour.

No total, acabaram descobertos quatro casos de doping em 38 amostras - além destes, foram pegos os espanhóis Manuel Beltrán e Moisés Donas, por EPO, e Dmitriy Fofonov, do Cazaquistão, pego por um estimulante.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias