iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

13/10 - 14:03

PC de Oliveira promete: na hora certa, Falcão entrará no time

Técnico da seleção brasileira de futsal pretende poupar ala para utilizá-lo como arma secreta durante os jogos

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O ala Falcão ainda não deve ser titular da seleção brasileira na próxima partida da equipe pela Copa do Mundo de futsal, nesta terça-feira, contra a Ucrânia. Seguindo o planejamento para a competição, o técnico PC de Oliveira pretende poupar seu principal jogador para colocá-lo em quadra no decorrer dos jogos, utilizando-o como arma secreta.

“Tenho que aproveitar o melhor de cada jogador”, argumentou o treinador neste domingo, após a vitória sobre a Itália, explicando que não proíbe Falcão de utilizar sua habilidade em quadra. “Sempre dei liberdade, mas ele tem que ter paciência. Não posso ficar comovido com a torcida pedindo sua entrada. Tenho que ler o jogo”, explicou.

Falcão é o vice-artilheiro da Copa do Mundo, contabilizando 11 gols em seis partidas – o russo Pula, artilheiro isolado, balançou as redes 15 vezes. O camisa 12 da seleção brasileira não marcou neste domingo contra os italianos, mas foi de fundamental importância para a construção do placar de 3 a 0, realizando dribles e criando a jogada que terminou com o gol de Ari no segundo tempo.

Responsável por chamar parte das faltas cometidas pela Squadra Azzurra, o craque defendeu seu papel de 'provocador' em uma partida equilibrada como a última. “Esse é o momento de usar a parte técnica para o coletivo. Esse é o jogo de fazer a diferença, de driblar, de provocar o adversário”, explicou-se, alegando que “uma lambreta não acrescenta nada” em uma goleada.

Falcão elogiou ainda a postura dos italianos – que, apesar de terem iniciado uma briga no intervalo, não perderam a cabeça com suas provocações em quadra. “Eles respeitam muito, e isso é bom”, disse.

A segunda rodada da segunda fase já garantiu o Brasil entre os semifinalistas da Copa do Mundo. Mesmo com o primeiro lugar do Grupo E já assegurado, os brasileiros voltam a entrar em quadra nesta terça-feira, quando tentam manter a boa fase da defesa em jogo contra a Ucrânia, válido pela última rodada da chave, a partir das 10h30 (horário de Brasília). A partida acontece no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias