iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

12/10 - 21:32

Comitês e Governos trabalharão para países da América ganharem mais medalhas
No documento, os comitês e os Governos expressaram seu compromisso "com o esporte olímpico continental"

EFE

ACAPULCO (México) - Os Governos e os comitês olímpicos da América acertaram hoje em Acapulco (México) trabalhar juntos para melhorar o esporte e a possibilidade de os países desta parte do mundo ganharem mais medalhas nos jogos regionais e olímpicos.

Na Declaração de Acapulco assinada no final da terceira Convenção do Esporte Olímpico Pan-americano, os comitês e os Governos da região expressaram uma série de compromissos para cumprir com estes objetivos.

Eles acertaram que esta declaração terá uma vigência indefinida e insistiram em sua vontade para resolver mediante o diálogo e a compreensão qualquer tipo de conflito que pudesse surgir no passado.

O acordo foi assinado pela Organização Esportiva Pan-americana (Odepa) e por seus 42 comitês olímpicos nacionais, além dos representantes do esporte dos países da região e por seu Conselho Americano do Esporte.

Estes organismos estabeleceram a criação de uma comissão mista que terá como principal objetivo orientar as partes no cumprimento de seus acordos e na solução das controvérsias que possam surgir no caminho.

O presidente da Odepa explicou que esta comissão mista só "procura orientar" e, como exemplo, lembrou situações críticas que no passado ocorreram entre os comitês e Governos de países como o Panamá, Costa Rica e Bahamas.

"A comissão será a que vai orientar, com informações, para o executivo da Odepa que será o titular para conduzir esta situação, para poder cuidar da carta olímpica", declarou Vázquez Raña.

No documento de Acapulco (México), os comitês e os Governos expressaram seu compromisso "com o esporte olímpico continental" e se comprometeram a tomar ações a favor da juventude de seus países, do desenvolvimento do esporte e para obter melhores resultados em jogos regionais e olímpicos".


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias