iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

11/10 - 14:17

Itália faz 4 a 0 na Ucrânia e assume a ponta do grupo do Brasil

Italianos ficam na ponta pelo saldo de gols, já que a seleção brasileira venceu o Irã pelo placar mínimo

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A Itália mostrou, neste sábado, que tem condições de brigar pelo título da Copa do Mundo de futsal. Atual vice-campeã da competição, a equipe estreou na segunda fase do Mundial vencendo a Ucrânia por 4 a 0, em partida realizada no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, e válida pelo Grupo E.

O resultado colocou a Squadra Azzurra na liderança da chave – a mesma do Brasil – com três pontos. Os brasileiros vêm na segunda colocação, com os mesmos três pontos e perdendo apenas no saldo de gols. O Irã e a Ucrânia estão na terceira e na quarta colocações, sem pontuar, com respectivos saldos negativos de um e quatro gols.

A Itália só conseguiu vencer a defesa ucraniana após o intervalo, depois de todo um primeiro tempo sem balançar as redes. Aos sete minutos do segundo tempo, após jogada ensaiada pela esquerda em cobrança de falta, o fixo Patrick Nora recebeu na entrada da área e bateu de canhota para o gol. O goleiro Vladyslav Lysenko ainda tocou na bola, mas não evitou o 1 a 0 a favor dos italianos.

Melhor em quadra, a seleção do técnico Alessandro Nuccorini voltou a marcar aos 12 minutos. Após boa jogada no ataque, Adriano Foglia chutou da entrada da área, e só não marcou porque Fedir Pylypiv desviou a trajetória da bola para a linha de fundo. No entanto, na cobrança de escanteio, Marcio Forte apareceu no meio da defesa ucraniana e desviou, marcando o segundo.

Foi a senha para que a Ucrânia se perdesse em quadra. No minuto seguinte, Roman Vakhula cometeu falta de ataque e recebeu cartão amarelo – seu segundo, o que acarretou a expulsão. Aos 14 minutos, Saad Assis ainda acertou o passe na direita para Patrick Nora, que arriscou um forte chute cruzado e fez 3 a 0, praticamente decretando a vitória da Azzurra no Maracanãzinho.

A Ucrânia ainda ainda conseguiu uma bola na trave com Dmytro Ivanov aos 19 minutos, mas não marcou seu gol de honra. Os italianos, por sua vez, fizeram o quarto gol nos segundos finais, em erro de ataque dos ucranianos. Com o goleiro-linha fora de sua área, Marcio Forte precisou apenas tocar para frente para ver a bola morrer mansamente no gol.

Vitoriosa, a Itália volta a entrar em quadra neste domingo, quando desafia o aproveitamento de 100% do Brasil na competição, em duelo pela liderança do Grupo E. As duas seleções, candidatas ao título, se enfrentam às 10h30 (horário de Brasília), no Maracanãzinho. Duas horas mais tarde, no mesmo local, Ucrânia e Irã se enfrentam para saber continuarem na briga por uma vaga nas semifinais.


Leia mais sobre: Copa do Mundo de futsal

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias