iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

09/10 - 12:08

Líder do grupo D, Espanha bate Uruguai e evita embate com Brasil
O resultado na partida serviu ainda para evitar que a equipe européia tivesse um confronto precoce contra o Brasil

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Em panorama que já vem se tornando a tônica da Copa do Mundo de futsal, mais uma vez a Espanha esteve longe de brilhar, porém confirmou classificação à segunda fase como líder do grupo D ao bater o Uruguai por 3 a 0. O resultado na partida válida pela quarta rodada da competição serviu ainda para evitar que a equipe européia tivesse um confronto precoce contra o Brasil.

Embora tenha chegado ao Mundial credenciada por ser a atual bicampeã da competição, a Espanha garantiu mais um resultado positivo a duras penas nesta quinta-feira, em partida realizada no Ginásio Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. Assim como já havia acontecido contra Irã, República Tcheca e Líbia, a Furia encontrou problemas especialmente no primeiro tempo, quando teve de esperar por 19 minutos até abrir o placar.

Com bem mais volume de jogo que o já eliminado Uruguai, que entrou em campo apenas para cumprir tabela, os espanhóis sempre chegavam com perigo à meta de Diego, mas só foram bater o goleiro sul-americano nos últimos instantes da etapa inicial de jogo, no momento em que Rodríguez aproveitou batida de escanteio rápido e completou para as redes.

Em uma blitz, os espanhóis só precisaram de 21 segundos para abrir o placar na volta do intervalo, quando a estrela do brasileiro naturalizado Fernandão começou a brilhar. Vindo do banco de reservas, o camisa cinco anotou o segundo tento europeu empurrando a bola para as redes após passe da esquerda.

Apenas um minuto depois Fernandão voltou a marcar: ele aproveitou bobeada da zaga uruguaia, que viu dois de seus jogadores desperdiçarem bola que estava dominada, e finalizou de primeira para o gol de Diego.

Mesmo que já tivesse entrado em campo classificada à segunda fase, a Espanha comemorou bastante o resultado, pois confirmou sua condição de melhor equipe da chave D. Desse modo, os atuais bicampeões do mundo deixam para o Irã a tarefa de encarar o Brasil na próxima etapa de grupos e têm como desafiantes para avançar às semifinais Rússia, Paraguai e Argentina, que bateu a Guatemala nesta quinta-feira.


Leia mais sobre: Copa do Mundo de Futsal

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reuters

espanha futsal

Classificada em 1º
Javi Rodriguez comemora um dos gols da atual campeã Espanha contra o Uruguai

Topo
Contador de notícias