iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

09/10 - 12:13

Irã surpreende, vence República Tcheca e garante segunda vaga
Classificada, a seleção do Irã avança para o Grupo E, onde terá uma pedreira já em seu próximo jogo: enfrenta o Brasil, no sábado

Gazeta Esportiva

BRASÍLIA - A surpreendente seleção do Irã garantiu uma das vagas para a segunda fase da Copa do Mundo de futsal. Nesta quinta-feira, jogando em Brasília, os iranianos garantiram a vitória por 3 a 2 sobre a República Tcheca e se classificaram com o segundo lugar do Grupo D, que terminou com a Espanha na liderança.

Iranianos e tchecos disputavam diretamente a classificação – com vantagem para os asiáticos, que tinha um ponto a mais e jogavam pelo empate. Equilibrada, a partida estava empatada em 2 a 2 até os segundos finais, mas uma falha da seleção comandada pelo técnico Tomas Neumann em uma tentativa desesperada de ataque acabou entregando os três pontos para o Irã.

Os comandados de Hossein Shams contaram ainda com boa parte da torcida brasileira presente ao ginásio. Após a vitória, o treinador não resistiu e chorou em quadra, enquanto seus jogadores agradeciam à torcida presente. Graças ao resultado, a equipe persa terminou o Grupo D com dez pontos – empatada com a Espanha, mas levando desvantagem no saldo de gols. Para trás, ficaram República Tcheca, Uruguai e Líbia.

Como os dois times buscavam a mesma vaga, a partida já começou equilibrada, com tchecos e iranianos se estudando e fazendo um jogo cauteloso. E mesmo com as poucas chances reais de gol de ambos os no primeiro tempo, foi o Irã quem abriu o placar: aos 16 minutos, após cobrança de escanteio pela direita, o camisa sete Ali Hassanzadeh recebeu e bateu para o gol – a bola voltou para o próprio Hassanzadeh, que arriscou um novo chute cruzado e fez 1 a 0.

Os tchecos ainda conseguiram o empate no segundo tempo, aos oito minutos. Após cruzamento rasteiro pela direita, Jan Janovsky bateu para o gol – o goleiro Mostafa Nazari ainda fez uma bela defesa, mas o rebote voltou para os pés de Janovsky, que aproveitou a segunda chance e marcou seu primeiro gol na competição. No entanto, o Irã fez 2 a 1 três minutos mais tarde, em belo chute cruzado de Vahid Shamsaee após se livrar da marcação.

Mas a República Tcheca foi buscar o empate mais uma vez, graças ao gol de Martin Dlouhy. Menos de um minuto após o gol persa, o camisa sete se aproveitou da jogada ensaiada de bola parada e apenas empurrou para o gol. De quebra, os tchecos só não conseguiram a virada porque Nazari fez uma defesa corajosa nos pés de Kopecky, que recebeu lançamento de Novotny e parou no goleiro do Irã, que tirou a bola praticamente em cima da linha.

A pressão tcheca era total, com a opção do técnico Tomas Neumann de até mesmo utilizar o goleiro-linha Tomas Meller nos minutos finais. No entanto, foi exatamente em um erro de Meller no ataque que o Irã marcou o gol que decretou a vitória: após passe errado, o camisa um acabou desarmado por Hassanzadeh, que tocou rasteiro de sua defesa para o gol. A bola entrou mansamente no canto e sepultou as esperanças dos tchecos.

Classificada, a seleção do Irã avança para o Grupo E, onde terá uma pedreira já em seu próximo jogo: enfrenta o Brasil, no sábado, em partida no Ginásio do Maracanãzinho, às 10h30 (horário de Brasília). No dia seguinte, também no Rio de Janeiro, a equipe mede forças com a  Ucrânia, primeira colocada do Grupo C. 


Leia mais sobre: Irã Mundial de futsal

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias