iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

07/10 - 15:37

Federação Internacional de Judô aprova instalações para Rio-2016
A aprovação da FIJ foi enviada para o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) pelo diretor de esportes da Federação, François Besson

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A Federação Internacional de Judô (FIJ) aprovou oficialmente nesta terça-feira o projeto das instalações propostas pela cidade do Rio de janeiro para receber as Olimpíadas de 2016. As provas de judô serão realizadas no centro Olímpico de Treinamento (COT), a ser construído na barra da Tijuca.

Por seu uma exigência do Comitê Olímpico Internacional (COI), todas as instalações de cada modalidade das cidades candidatas à sede dos Jogos de 2012 devem ser aprovadas por suas respectivas Federações Internacionais.

A aprovação da FIJ foi enviada para o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) pelo diretor de esportes da Federação, François Besson. 'Os planos da instalação preenchem os requerimentos e as especificações técnicas para receber as competições de judô dos Jogos Olímpicos em 2016', falou o comunicado da FIJ.

Por sua vez, o presidente da Comissão de candidatura do Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, acredita que a aprovação é reflexo do trabalho que o Brasil está fazendo para ser sede das Olimpíadas. 'O documento da Federação Internacional de Judô mostra que o projeto do Centro Olímpico de Treinamento é de alto nível. Este será um dos maiores legados da candidatura do Rio 2016 e servirá como referência para atletas do Brasil, da América Latina e da África', comemorou Nuzman, que foi reeleito à presidência do COB na semana passada.

O Centro Olímpico Nacional de Treinamento terá locais de treinamento para 22 modalidades olímpicas. O objetivo é que o COT seja um centro de desenvolvimento e preparação de atletas brasileiros e estrangeiros de alto rendimento. O local servirá, ainda, para realização de cursos para técnicos, treinamento de árbitros e pesquisas aplicadas ao esporte.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias