iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

06/10 - 12:14

Portugal goleia EUA e fica mais perto da segunda fase

Portugal venceu os EUA por 8 a 1 em partida válida pelo grupo B; líder do grupo é a Italia

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Os portugueses estão um pouco mais próximos da segunda fase da Copa do Mundo de futsal. Nesta segunda-feira, dois dias após a derrota por 3 a 1 para a Itália na segunda rodada da competição, Portugal se reabilitou e garantiu uma expressiva vitória por 8 a 1 sobre a seleção dos EUA, em compromisso realizado no Ginásio do Maracanãzinho e válido pelo Grupo B.

A seleção européia fez uma partida bastante irregular frente aos comandados de Keith Tozer. Mesmo assim, apresentaram um segundo tempo superior ao dos norte-americanos e chegaram aos seis pontos em três partidas no Mundial. Os EUA, que sofreram sua quarta derrota em quatro jogos (perderam antes para Paraguai, Itália e Tailândia) já estavam eliminados.

Favoritos para o confronto, os portugueses deram a impressão de que poderiam golear com facilidade. Logo no primeiro minuto da partida, o pivô Leitão aproveitou o passe do ala Arnaldo e abriu o placar. O próprio Leitão ainda fez 2 a 0 aos dois minutos, acertando um bonito chute de longe após jogada ensaiada de escanteio, mandando a bola no canto direito do goleiro Vorberg.

Porém, Portugal diminuiu o ritmo no primeiro tempo, e só voltou a balançar as redes após o intervalo. Logo aos 30 segundos, após confusão na área, Gonçalo aproveitou a sobra de bola e bateu para marcar o terceiro gol lusitano. Depois, aos três minutos, Leitão ganhou de Sandre Naumoski na esquerda e tocou para a área, onde Arnaldo dividiu com Denison Cabral e tocou para fazer 4 a 0.

Mas o dia era mesmo de Leitão, responsável pelo quinto gol dos comandados do técnico Orlando Duarte na partida. Aos oito minutos, Ricardinho fez o passe pela esquerda, e o camisa 11 apenas teve o trabalho de escorar para o gol de Vorberg, marcando pela terceira vez no jogo.

Menos de um minuto depois, Jardel recebeu a bola no ataque, puxou para a esquerda para se livrar da marcação de Pat Morris, e bateu com força para o gol – o goleiro norte-americano ainda alcançou a bola, mas ela acabou entrando e decretando o sexto gol de Portugal. De quebra, Bibi ainda recebeu passe de Israel na esquerda e tocou cruzado para fazer 7 a 0 aos nove minutos da segunda etapa.

Os EUA só foram marcar seu primeiro gol aos 16 minutos, após falha de Bibi que terminou com o chute cruzado de Naumoski – que comemorou discretamente o feito, tamanha a diferença no placar. Mesmo assim, os lusos não se abateram, e, após rápida troca de passes, fizeram 8 a 1 com Cardinal menos de um minuto depois, dando números finais à goleada.

Agora, Portugal volta à quadra apenas na quarta-feira, quando enfrenta a Tailândia às 12h30 (horário de Brasília) no ginásio Nilson Nelson, em Brasília, pela última rodada do Grupo B. Simultaneamente, mas no Rio, Itália e Paraguai se enfrentarão em partida que deve confirmar a primeira colocação dos italianos na chave.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias