iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

06/10 - 12:09

Japão vira sobre Cuba e assume vice-liderança do grupo do Brasil

Equipe asiática venceu por 4 a 1 e chegou à segunda posição do grupo A, o mesmo do Brasil

Gazeta Esportiva

BRASÍLIA - Quando, aos 15 minutos do primeiro tempo, Yampier Rodríguez abriu o placar da partida entre Cuba e Japão, houve a impressão de que uma zebra aconteceria em Brasília. Entretanto, um grande segundo tempo fez a equipe asiática confirmar o seu favoritismo com uma vitória por 4 a 1 que a levou à segunda posição do grupo A da Copa do Mundo de Futsal, o mesmo do Brasil.

Atual vice-campeã da Concacaf, Cuba chegou ao Mundial disputado em solo nacional com um histórico de derrotas em todos os nove jogos realizados nesse nível. Depois de quebrarem o jejum com uma goleada por 10 a 2 sobre as Ilhas Salomão na primeira rodada, os latino-americanos sucumbiram diante da Rússia por 5 a 2 e jogavam nesta segunda-feira para manter vivas as suas chances de classificação à segunda fase.

E o objetivo foi cumprido no primeiro tempo do embate contra o Japão, em que Rodríguez inaugurou o marcador que levou permitiu que o time cubano fosse para o intervalo com a vantagem mínima. No entanto, a festa dos azarões durou pouco. Campeões asiáticos em 2006, os japoneses precisaram de apenas cinco minutos para virar o marcador: Nobuya Osodo balançou às redes aos 23, e Kotaro Inaba colocou as coisas em ordem aos 25.

Aos 30 minutos, o trabalho dos favoritos ainda ficou facilitado, pois Jhonnet acabou expulso por soma de amarelos. Na seqüência, o Japão não perdoou e garantiu o triunfo por meio dos gols de Yuki Nakayama e, novamente, Inaba.

O resultado, importantíssimo para as pretensões japonesas, levou o selecionado à vice-liderança do grupo A com seis pontos, sendo que a decisão da segunda vaga da chave (o Brasil já está classificado) deve ser realizada no confronto direto com a Rússia, marcado para a próxima quarta-feira – os europeus somam três tentos até, mas são amplos favoritos para bater Ilhas Salomão no complemente da rodada desta segunda.

Como também soma três pontos, Cuba poderia até seguir sonhando com a classificação caso viesse a surpreender o Brasil, também na quarta-feira, porém já está eliminada pois o primeiro critério de desempate da Copa do Mundo é o confronto direto, e o time da ilha latino-americana já foi superado tanto por Japão quanto por Rússia, outros postulantes à segunda fase.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias