iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

30/09 - 16:36

Pai de Jade garante que a atleta não volta à seleção
Em 11 de setembro, César acusou a CBG de ter sido negligente com a lesão da ginasta, que competiu em Pequim machucada

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Ainda à espera de um diagnóstico final a respeito da lesão no punho da ginasta Jade Barbosa, o pai da atleta, César Barbosa, revelou que a filha não voltará a defender a seleção brasileira enquanto a atual gestão da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) estiver no comando. Em 11 de setembro, César acusou a CBG de ter sido negligente com a lesão da ginasta, que competiu em Pequim machucada e sob altas doses de remédios.

Assim, ele garantiu que a filha não voltará para Curitiba caso seja convocada novamente. “É complicado correr um risco desses pela segunda vez. Voltar para a seleção é arriscado e eu não vou correr este risco de novo”, garantiu César em entrevista por telefone.

Em guerra declarada com a Confederação, César foi categórico e disse que sua filha só voltaria a defender as cores do Brasil caso houvesse mudança na diretoria da entidade. “A Jade só voltaria para a seleção se mudasse a gestão que está aí, pois é chato ter que enfrentar os riscos de novo”, falou.

Há cerca de um mês, Jade está com o punho imobilizado e afastada dos treinos, o que preocupa César, quem decidirá se vai processar ou não a CBG depois do parecer do especialista em mãos, Ricardo Laranjeiras. “A gente ta esperando a avaliação do médico para decidirmos com o advogado o que faremos. Precisamos saber em que a lesão prejudicou a Jade”, falou César.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias