iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

30/09 - 12:43

Jogadores fazem pacto de união na busca pelo título

Jogadores defenderam os treinos fechados da seleção durante a preparação para o Mundial

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Após estrearem com goleada por 12 a 1 sobre o Japão, na estréia da Copa do Mundo de futsal, nesta terça-feira, os jogadores do Brasil afirmaram que as derrotas nos dois últimos Mundiais serviram de aprendizado para o grupo, que está muito unido para retomar a hegemonia da categoria em casa. “O principal é que nos fechamos, a equipe tem um pacto de união e vamos continuar com humildade, respeitando qualquer adversário como fizemos hoje (terça), quando respeitamos o Japão do começo ao fim”, afirmou o pivô Lenísio, defendendo a realização de treinos fechados da seleção na preparação para o Mundial, que se estendeu pelos últimos 18 dias.

“Isso foi uma medida de privacidade, mais para nos concentrarmos no que iríamos fazer. Não precisamos esconder nada de ninguém, foi mais para ficarmos concentrados, centrados no treinamento. Neste momento qualquer coisa extra poderia desviar a atenção. Fio bom, proveitoso, e vamos jogar coletivamente. Coletivamente o Brasil é muito forte”, completou.

Jogador mais festejado pela torcida que compareceu ao ginásio Nilson Nelson, o ala Falcão também valorizou a união ao falar que não ficou incomodado de ter atuado por alguns minutos na estréia. “Este é o momento de mexer, rodar o plantel, para todos irem ganhando confiança. Todos nos cobramos e tivemos preocupação tanto individual quando no coletivo”, destacou.

O melhor do mundo em 2004 ainda minimizou a exigência para que faça lances de efeitos durante os jogos. “Tenho que saber o momento de dar um bico na bola e guardar para o momento certo estas jogadas, que estou pronto para fazer quando necessário. Aprendemos com as derrotas, temos o privilégio de ter o Mundial no Brasil e esta é a última chance para cada jogador que está aqui”, concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias